Por quanto tempo a maconha fica na sua urina?

frasco urina Por quanto tempo a maconha fica na sua urina?

Depende de vários fatores, mas principalmente da frequência com que você consome

Uma situação que pode ocasionar problemas a muitos consumidores de maconha, principalmente em lugares como o Brasil, onde nem mesmo a legalização do uso medicinal ainda chegou, é um teste de drogas por parte de empregadores.

Leia também: Empregadores de NY estão proibidos de testar maconha para maioria dos trabalhadores

Normalmente, um teste de drogas para cannabis envolve o teste de uma amostra de urina para metabolitos de THC. O tempo que o THC permanece na urina depende de vários fatores, mas principalmente da frequência com que você consome a planta.

Confira, a seguir, as dicas da Herb para evitar um teste de urina positivo para cannabis.

Janelas de detecção baseadas no uso de cannabis

Se você fumou maconha apenas uma vez, ainda pode testar positivo em um exame de urina por até oito dias. As pessoas que fumam duas a quatro vezes por semana terão um teste positivo por até 18 dias. Os usuários regulares geralmente são sinalizados pelos testes por até 30 dias e os usuários mais pesados ​​testaram positivo de 45 dias a incríveis 77 dias depois.

Se você é o tipo de consumidor de maconha que dá vários dabs por dia (saiba mais sobre dabbing) ou consome óleo de cannabis de extrato completo, como os pacientes de maconha medicinal fazem para controlar a dor, seu período de vulnerabilidade ao teste de urina se estenderá por mais de dois meses.

Métodos de ingestão

O exame de urina não testa o THC em si. Em vez disso, ele procura um metabólito de THC, THC-COOH. Quando isso está presente na urina, significa que seu corpo processou recentemente o THC.

A principal desvantagem disso é que isso pode levar as pessoas a testar positivo para maconha muito tempo depois de usá-la.

THC, CBD e o resto dos canabinoides têm subprodutos metabólicos, chamados metabólitos. Essas substâncias são lipossolúveis, o que significa que se acumulam em depósitos de gordura em todo o corpo. Eles são lentamente excretados pela urina ao longo do tempo. É quase como se o corpo humano gostasse dos metabólitos do THC porque, em vez de se livrar deles imediatamente, como acontece com outras substâncias, ele os retém por longos períodos de tempo.

Leia mais: Canabinoides vs endorfinas: descobrindo a essência da alta do corredor

Por exemplo, o álcool permanece no sistema por até cinco dias; cocaína, de dois a dez dias; anfetaminas, dois a três dias; opioides, dois a cinco dias; LSD, dois a três dias; psilocibina, até cinco dias; e MDMA, de dois a três dias.

Seu corpo elimina muitos metabólitos residuais através da urina. Um deles é o nosso amigo THC-COOH, que também é conhecido como carboxi. Para se livrar de coisas como THC-COOH, o corpo humano utiliza algo chamado ácido glucurônico, que se liga aos metabólitos antes que eles passem para fora do corpo no fluxo de urina.

A verdade é que realmente não importa como você consome cannabis, seja comestíveis, óleos ou fumada, geralmente resultará no mesmo nível de THC-COOH. Com comestíveis, há mais conversão de THC em THC-COOH, que é o que os testes de urina procuram. Como o metabolismo dos comestíveis é mais lento, a quantidade de tempo que leva para atingir o pico de THC no sangue é maior. Como resultado, os comestíveis podem ser um pouco mais fortes, tanto em seus efeitos quanto no conteúdo de THC, mas na maioria das vezes eles só prolongam o tempo que o THC-COOH permanece em seu sistema por um dia ou mais.

Como passar em um teste de urina

How Long Does Weed Stay in Your System 01 e1537198910795 Por quanto tempo a maconha fica na sua urina?

Foto: Jonathan Coward / Herb.

Para muitos, a verdadeira questão em mãos não é “quanto tempo a maconha permanece na sua urina?”, mas “existem maneiras de vencer um teste de drogas?”. A resposta curta é sim se você estiver disposto a quebrar as regras. Laboratórios diferentes determinam “positivo” de forma diferente.

O limite mais comum para testes de urina é de 50 nanogramas de THC-COOH por mililitro (ng/ml). Os pontos de corte podem ser tão baixos quanto 15 ng/ml e tão altos quanto 100 ng/ml. Cada um desses pontos de corte, é claro, resulta em uma janela de detecção muito diferente.

O teste de urina geralmente é um processo de duas etapas, sendo a primeira etapa um ponto de corte padrão de 50 ng/ml. Testes positivos nesse nível geralmente são enviados para confirmação com uma avaliação mais sensível que usa a sensibilidade de 15 ng/ml.

Dois fatores principais desempenham um papel enorme em quanto tempo a maconha permanece na urina. Primeiro, há sua taxa metabólica. Se você tiver um metabolismo mais rápido, seu corpo se livrará do THC-COOH em um ritmo mais rápido.

Leia mais: O THC sai no suor? Fazer exercício antes de um teste de maconha pode não ajudar, entenda

O segundo grande fator é o seu nível de hidratação. Quanto mais fluidos seu corpo estiver processando, mais rápido os metabólitos da maconha sairão do seu sistema. Por esta razão, é bom manter-se razoavelmente hidratado nas semanas precedem o seu teste, mas não beba apenas um monte de água no dia anterior. Isso pode realmente sair pela culatra porque sua urina pode ficar tão diluída que a amostra volta inutilizável.

Na pior das hipóteses, isso também fará com que o administrador sinalize seu teste e o force a fazer um teste supervisionado na próxima vez. Na melhor das hipóteses, eles apenas pedirão para você voltar e isso lhe dará mais tempo para tirar o THC da sua urina.

A mesma linha do tempo se aplica ao exercício. O exercício irá ajudá-lo a quebrar as células de gordura que estão segurando o THC, por isso é bom fazer algum exercício nas semanas anteriores ao teste. No entanto, você não pode simplesmente pular na esteira 24 horas antes de ir para o exame de urina. Na verdade, se você fizer isso, poderá aumentar suas chances de testar positivo.

Posso usar pectina de frutas para passar em um teste de urina?

Não há nenhuma prova de que funcione, mas alguns maconheiros fazem isso. A pectina é uma goma feita das paredes celulares das frutas. É frequentemente usada para dar textura a compotas e geleias. Grandes supermercados devem tê-la.

A teoria é que, como a pectina da fruta é uma fibra natural, ela libera mais THC pelo intestino do que pela urina, como normalmente faria.

Veja também:

THC no sangue e na saliva são medidas inadequadas de direção comprometida

#PraTodosVerem: foto mostra a mão de uma pessoa que leva um frasco de tampa vermelha e contendo líquido amarelo translúcido à mão de outra, que usa luva azul e tem parte do corpo aparecendo ao fundo, onde se vê um jaleco branco e um estetoscópio. Imagem: Healthline.

Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!