Prisões por maconha caem precipitadamente em todo os EUA em 2020

baseados eua Prisões por maconha caem precipitadamente em todo os EUA em 2020

De acordo com um relatório do FBI, a polícia fez cerca de 350.150 prisões por violações relacionadas à cannabis em 2020 — uma redução de 36% em relação aos totais de 2019. As informações são da NORML

O número estimado de pessoas presas nos Estados Unidos por violar as leis sobre a maconha diminuiu vertiginosamente em 2020, de acordo com dados divulgados nessa segunda-feira pelo FBI (Federal Bureau of Investigation). No entanto, várias centenas de milhares de estadunidenses continuam a ser presos por acusações relacionadas à maconha, principalmente em estados onde o porte da planta continua criminalmente ilegal.

De acordo com o Relatório de Crime Uniforme do FBI, a polícia fez cerca de 350.150 prisões por violações relacionadas à maconha em 2020. Esse total é uma redução de 36% em relação aos totais de 2019, quando a polícia fez cerca de 545.602 prisões por maconha. Desde o início dos anos 1990, o FBI não informava tão poucas prisões relacionadas à maconha em um único ano.

site sb Prisões por maconha caem precipitadamente em todo os EUA em 2020

Leia também: Los Angeles (EUA) elimina quase 60.000 condenações por cannabis

“À medida que mais estados se movem em direção a uma política sensata de legalização e regulamentação da cannabis, estamos vendo um declínio na prisão de consumidores de maconha não violentos em todo o país”, disse o diretor executivo da NORML, Erik Altieri.

Ele acrescentou: “A luta pela legalização é uma luta pela justiça. Embora esses números representem um declínio histórico nas prisões, mesmo uma pessoa algemada por simples porte de maconha é demais”.

Dos presos por atividades relacionadas à cannabis, cerca de 91% (317.793) foram presos apenas por crimes de porte de maconha.

Leia mais: Quinze anos da lei de drogas e seu impacto na justiça, na saúde e na sociedade

No geral, as detenções por maconha caíram quase 50% em relação ao pico em 2008, quando a polícia fez mais de 800.000 prisões por maconha. Desde 2012, 18 estados e Washington DC promulgaram leis que legalizam a posse de pequenas quantidades de cannabis por adultos. As prisões por maconha representaram 30,3% de todas as prisões relacionadas às drogas.

De acordo com o FBI, as prisões relacionadas à maconha eram menos prováveis ​​de ocorrer nos estados do oeste dos EUA — a maioria dos quais legalizou a posse da substância — e foram mais prevalentes no nordeste, onde constituíram cerca de 50 por cento de todas as prisões por drogas. Isso provavelmente mudará daqui para frente, já que vários estados do nordeste, incluindo Connecticut, Nova Jersey e Nova York, legalizaram seus mercados de maconha nos últimos meses.

Veja também:

Estudo mostra redução de crimes relacionados à cannabis entre jovens após legalização no Canadá

#PraTodosVerem: fotografia, tirada de cima pra baixo, mostra uma caixinha preta retangular com três baseados empanados em seu interior, sobre uma superfície de madeira que tem um mapa dos EUA de cor preta, e a parte de cima da bandeira estadunidense, no canto inferior direito da imagem. Foto: Rodnae Productions / Pexels.

Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!