Vacinações de primeira dose quadruplicam após Quebec exigir prova de vacina em lojas de maconha

vacina canada Vacinações de primeira dose quadruplicam após Quebec exigir prova de vacina em lojas de maconha

O aumento na procura pela vacina acontece depois que o ministro da Saúde Christian Dubé anunciou que passaportes de vacinação seriam exigidos para o acesso a lojas de maconha e de álcool na província canadense

O número de pessoas que procuraram o centro de vacinação para a primeira dose da vacina contra a Covid-19 deu um salto impressionante nesta semana na província canadense de Quebec, segundo o ministro da Saúde Christian Dubé.

Na sexta-feira, Dubé fez uma postagem em seu Twitter dizendo que as consultas para primeiras doses aumentaram de 1.500 por dia para mais de 6.000, no dia anterior.

gravital sb Vacinações de primeira dose quadruplicam após Quebec exigir prova de vacina em lojas de maconha

O aumento na procura pela vacina acontece depois que Dubé anunciou que os passaportes de vacinação seriam necessários para entrar nas lojas de maconha e de álcool a partir de 18 de janeiro.

Leia mais: Em Quebec, residentes devem mostrar prova de vacinação para acessar lojas de maconha

“Obrigado a todos que decidiram se vacinar. Não é tarde demais para receber sua 1ª dose. Proteja-se”, disse o ministro da Saúde no tuíte.

O centro de vacinação no Estádio Olímpico de Montreal, um dos principais locais de vacinação na cidade, estava lotado na quinta-feira, com várias pessoas indo se vacinar pela primeira vez contra a Covid-19, segundo o La Presse. O aumento é semelhante ao que foi observado durante a introdução do passaporte de vacinação em setembro passado, disse a diretora de vacinação Caroline St-Denis ao jornal.

“Deixe-me ser bem claro. Se eles não podem se proteger, nós os protegeremos de si mesmos”, disse Christian Dubé em coletiva sobre a situação epidemiológica na província. “E vamos nos certificar de que eles entendam muito claramente que se eles não querem ser vacinados então devem ficar em casa”.

Outros serviços não essenciais, incluindo cuidados pessoais, podem ser adicionados nas próximas semanas à lista de locais que exigem o passaporte de vacinação, segundo nota divulgada pelo Ministério da Saúde de Quebec.

Veja também:

Governadora de Nova York anuncia agenda de equidade que abrange a indústria da cannabis

#PraTodosVerem: fotografia mostra duas mãos com luvas azuis unidas em forma de concha e segurando vários frascos de vacina, à direita, e uma bandeira do Canadá, ao fundo. Imagem: Marco Verch / Flickr.

Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!