Uso frequente de cannabis por jovens está associado a declínio no QI, diz estudo

pipe aranha Uso frequente de cannabis por jovens está associado a declínio no QI, diz estudo

Pesquisa realizada por cientistas irlandeses revelou que houve declínios de aproximadamente 2 pontos de quociente de inteligência ao longo do tempo. As informações são da Medical Xpress

Um estudo descobriu que adolescentes que usam cannabis com frequência podem experimentar um declínio no quociente de inteligência (QI) ao longo do tempo. Os resultados da pesquisa fornecem mais informações sobre os efeitos neurológicos e cognitivos prejudiciais do uso frequente de cannabis em jovens.

O artigo, liderado por pesquisadores da Universidade de Medicina e Ciências da Saúde do Colégio Real de Cirurgiões da Irlanda (RCSI), foi publicado na revista Psychological Medicine.

site sb Uso frequente de cannabis por jovens está associado a declínio no QI, diz estudo

Leia mais: A maconha não pode diminuir seu QI, segundo estudos

Os resultados revelaram que houve declínios de aproximadamente 2 pontos de QI ao longo do tempo entre aqueles que usam cannabis com frequência em comparação com aqueles que não usam cannabis. Uma análise posterior sugeriu que esse declínio nos pontos de QI estava principalmente relacionado à redução no QI verbal.

 Uso frequente de cannabis por jovens está associado a declínio no QI, diz estudo

A pesquisa envolveu revisão sistemática e análise estatística em sete estudos longitudinais envolvendo 808 jovens que usaram cannabis pelo menos uma vez por semana por um período mínimo de 6 meses e 5.308 jovens que não usaram cannabis. Para ser incluído na análise, cada estudo teve que ter uma pontuação de QI inicial antes de iniciar o uso de cannabis e outra pontuação de QI no acompanhamento. Os jovens foram acompanhados até os 18 anos em média, embora um estudo tenha seguido os jovens até os 38 anos.

Leia mais: Oficial antidrogas da Casa Branca admite que uso de maconha por jovens caiu após legalização

“Pesquisas anteriores nos dizem que jovens que usam cannabis frequentemente têm resultados piores na vida do que seus pares e estão em maior risco de doenças mentais graves, como esquizofrenia. A perda de pontos de QI no início da vida pode ter efeitos significativos no desempenho escolar e na faculdade e perspectivas de emprego posteriores”, comentou a autora sênior do artigo, a psiquiatra Mary Cannon, professora de Epidemiologia Psiquiátrica e Saúde Mental Juvenil, no RCSI.

Leia: Dois anos após a legalização, consumo de maconha entre adolescentes diminuiu no Canadá

“O uso de cannabis durante a juventude é uma grande preocupação, pois o cérebro em desenvolvimento pode ser particularmente suscetível a danos durante este período. Os resultados deste estudo nos ajudam a entender melhor esta importante questão de saúde pública”, disse o Dr. Emmet Power, fellow de pesquisa clínica do RCSI e primeiro autor do estudo.

Leia também:

Estudo revela que ligação entre canabinoides e aprendizagem não é neural

#PraCegoVer: em destaque, foto em vista superior de um pipe de vidro de cor azul-claro e cinza, com o desenho de uma aranha, preenchido com erva triturada, e parte da mão que o segura, em fundo azul-escuro. Crédito: Sharon McCutcheon | Unsplash.

smokebuddies logo2 Uso frequente de cannabis por jovens está associado a declínio no QI, diz estudo

Sobre Smoke Buddies

A Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!