O uso de cannabis por gestantes aumenta durante a pandemia

teste gravidez buds O uso de cannabis por gestantes aumenta durante a pandemia

Grande estudo realizado na Califórnia revela aumento de 25% na taxa de uso de cannabis no início da gravidez. As informações são da PR Newswire

Uma análise da Kaiser Permanente de mais de 100.000 gestações no norte da Califórnia (EUA) encontrou um aumento de 25% na taxa de uso de cannabis no início da gravidez após o início da pandemia na primavera de 2020.

A análise foi relatada em uma carta de pesquisa na edição de 27 de setembro do JAMA. O estudo descobriu que no ano anterior à pandemia 6,75% das mulheres grávidas estavam usando cannabis no início da gravidez e, durante a pandemia, essa taxa subiu para 8,14% das mulheres grávidas.

gravital sb O uso de cannabis por gestantes aumenta durante a pandemia

O estudo não determinou por que mais mulheres grávidas podem estar usando cannabis. “Nossa pesquisa anterior mostrou que a prevalência e a frequência do uso pré-natal de cannabis estão aumentando ao longo do tempo e que as mulheres grávidas são mais propensas a usar cannabis se estiverem deprimidas, ansiosas ou experimentaram traumas. É muito possível que mais mulheres grávidas estejam usando cannabis em uma tentativa de automedicar esses problemas durante a pandemia”, disse a autora principal Kelly Young-Wolff, PhD, mestre em Saúde Pública, psicóloga clínica e cientista pesquisadora da Divisão de Pesquisa da Kaiser Permanente.

Saiba mais: Estudo indica novo rumo à pesquisa sobre cannabis e psicose

“As ordens de permanência em casa, as preocupações sobre a contração de Covid-19, os desafios econômicos, o aumento da carga de cuidados infantis e outros aspectos difíceis da pandemia podem contribuir para que as mulheres grávidas se sintam mais estressadas e deprimidas durante este período”, acrescentou Young-Wolff.

O estudo examinou testes de toxicologia de urina para cannabis da primeira visita pré-natal para 100.005 gestações (envolvendo 95.412 mulheres) na Kaiser Permanente no norte da Califórnia de janeiro de 2019 a dezembro de 2020, comparando testes positivos no período pré-pandêmico com aqueles durante o período pandêmico.

A tendência é preocupante por causa dos riscos potenciais para recém-nascidos, como baixo peso do bebê ao nascer e potenciais efeitos no desenvolvimento neurológico em crianças associados ao uso pré-natal de cannabis, disse o autora sênior Lyndsay Avalos, PhD, mestre em Saúde Pública, uma cientista pesquisadora da Divisão de Pesquisa. “À medida que a pandemia continua, será importante identificar subgrupos de mulheres com maior probabilidade de usar cannabis durante a gravidez para que possamos fornecer intervenções mais direcionadas”.

Leia também: Bebês nascidos de mães com transtorno por uso de cannabis têm mais chance de apresentar resultados negativos para a saúde

Também é importante que os médicos discutam o uso de cannabis com suas pacientes. “Precisamos divulgar de forma mais eficaz que a cannabis não é uma escolha saudável durante a gravidez”, disse a coautora Deborah Ansley, médica, diretora médica regional do programa de saúde pré-natal Early Start da Kaiser Permanente. “As mulheres podem estar tentando controlar os problemas de náusea ou humor no início da gravidez ou simplesmente continuando um hábito de antes de engravidar. Os médicos — e as pessoas que trabalham em dispensários de cannabis — precisam ajudar a orientar as mulheres sobre que durante a gravidez devem se abster de qualquer tipo de uso de cannabis por causa dos riscos potenciais à saúde de seus bebês”.

A pesquisa não diferenciou entre os tipos de produtos de cannabis usados ​​ou as concentrações de CBD ou THC usadas por mulheres. Young-Wolff e Avalos têm financiamento do Instituto Nacional sobre Abuso de Drogas (NIDA) dos EUA para realizar pesquisas mais aprofundadas e de longo prazo sobre o uso de vários tipos de produtos de cannabis na gravidez e seu impacto na saúde de mães e crianças.

Em um editorial recente no JAMA Network Open, Young-Wolff e 2 colegas também destacaram a necessidade de acesso equitativo ao tratamento de uso de substâncias de apoio e não punitivo e recomendou políticas legais e regulatórias para proteger bebês e crianças sem impor cargas criminais ou discriminatórias a comunidades vulneráveis.

Sobre a Kaiser Permanente

Kaiser Permanente está empenhada em ajudar a moldar o futuro dos cuidados de saúde. É reconhecida como um dos principais provedores de saúde e planos de saúde sem fins lucrativos dos EUA. Fundada em 1945, a Kaiser Permanente tem a missão de fornecer serviços de saúde de alta qualidade a preços acessíveis e melhorar a saúde de seus membros e das comunidades que servem. Atualmente atendem a aproximadamente 12,5 milhões de membros em oito estados americanos e no Distrito de Colúmbia. O atendimento aos membros e pacientes é focado em sua saúde total e orientado por seus médicos, especialistas e equipe de cuidadores pessoais do Permanente Medical Group. Suas equipes médicas especializadas e atenciosas são capacitadas e apoiadas por avanços tecnológicos e ferramentas líderes do setor para promoção da saúde, prevenção de doenças, atendimento de última geração e gerenciamento de doenças crônicas de classe mundial. A Kaiser Permanente se dedica a inovações em cuidados, pesquisa clínica, educação em saúde e apoio à saúde comunitária. Para obter mais informações, acesse about.kp.org.

Leia mais:

Exposição pré-natal ao CBD ou THC afeta capacidade de resposta à fluoxetina

#PraTodosVerem: fotografia mostra um teste de gravidez digital branco mostrando o desenho de uma folha de maconha no display, além de cinco pequenos buds e parte de um saco ziplock, em uma superfície azul-claro. Imagem: Hollis Johnson / Samantha Lee (Insider).

smokebuddies logo2 O uso de cannabis por gestantes aumenta durante a pandemia

Sobre Smoke Buddies

A Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!