Uruguai retirou mais de U$S 22 milhões do narcotráfico desde que legalizou a maconha

cultivo uruguai Uruguai retirou mais de U$S 22 milhões do narcotráfico desde que legalizou a maconha

A regulamentação da maconha retirou mais de U$S 22 milhões do tráfico de drogas no Uruguai, desde que a nova lei entrou em vigor, segundo o novo relatório do Instituto de Regulação e Controle da Cannabis.

O novo relatório do Instituto de Regulação e Controle da Cannabis do Uruguai (Ircca), divulgado nesta quarta-feira (16), que considera os registros de informações históricas das três vias de acesso (cultivo doméstico, de clubes e adquirentes em farmácias), estima que o volume de dinheiro que deixou de circular no mercado ilegal desde a implementação da nova lei ultrapassa os U$S 22 milhões.

Uma tendência a maior estabilidade na distribuição das vendas nas farmácias é observada, embora ainda não consiga cobrir a demanda existente. Nesta linha, o IRCCA está trabalhando em uma nova chamada para as empresas produtoras de cannabis para o próximo dia 11 de fevereiro, enquanto estuda as possibilidades de novas farmácias se tornarem pontos de venda autorizados.

Leia mais: Uruguai aumentará produção de maconha para venda em farmácias

Em 30/11/2018, após 17 meses de operação conjunta das três vias de acesso, havia 41.376 pessoas autorizadas a acessar a maconha de maneira regulamentada.

Destas, 31.565 são adquirentes em farmácias, 6.980 são registrados como cultivadores domésticos e 2.831 são listados como membros de 110 clubes filiados.

Em relação ao relatório anterior, com base em 30 de setembro de 2018, para as três vias de acesso, observou-se um aumento de 3.708 pessoas registradas para o acesso à maconha legal, quase 10%.

Outro ponto demonstrado no relatório é o número de transações de pacotes de maconha de cinco gramas. No período de 19/07/2017 a 30/11/2018, foram realizadas 383.280 transações, totalizando 1.916 quilos de maconha comercializados. Destes, 61,5% foram vendidos em farmácias de Montevidéu e os 38,5% restantes nos demais departamentos do interior do país, registrando uma média diária de vendas de 5,96 gramas.

#PraCegoVer: fotografia (capa) de um lindo cultivo de maconha e a ponta do braço de uma pessoa (que vem da parte inferior da foto), vestindo luva azul e camisa branca, ao centro que segura, por baixo, uma das inflorescências com flores em tons de verde e folhas verdes e vermelhas. Créditos da foto: Reuters.

Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!
[mailpoet_form id="2"]
Deixe seu comentário