Uruguai fará campanha para alertar sobre riscos da maconha

Turismo e maconha veja 5 dicas para curtir sua onda no Uruguai Foto HReichert SmokeBuddies Uruguai fará campanha para alertar sobre riscos da maconha

No Uruguai, uma das propostas da regulação responsável é a conscientização, informação e promoção do debate por parte do Estado. Campanha sobre os riscos do consumo da maconha será lançada pelo governo no próximo dia 26. As informações são da Agência EFE.

O governo do Uruguai iniciará no final de setembro uma campanha nos meios de comunicação para sensibilizar a população sobre os riscos do consumo de maconha, cuja produção e comercialização é regulada pelo Estado desde dezembro de 2013.

O secretário da Presidência, também presidente da Junta Nacional de Drogas (JND), Juan Andrés Roballo, anunciou em entrevista coletiva nesta sexta-feira uma série de medidas que serão adotadas para a conscientização sobre as consequências do consumo de maconha, após estudos detectarem uma baixa percepção dos riscos entre os mais jovens.

lazy placeholder Uruguai fará campanha para alertar sobre riscos da maconha

As medidas foram elaboradas em uma reunião do grupo de trabalho de prevenção dos riscos e danos causados pelo uso de drogas, liderado pelo presidente Tabaré Vázquez e também integrado pelos ministérios de Saúde Pública, Educação e Cultura, assim como por autoridades acadêmicas, da educação, da JND, legisladores e organizações civis.

Segundo Roballo, a campanha será lançada no dia 26 deste mês e terá como objetivo estimular o diálogo, “um elemento que demonstrou ser o mais importante, tanto no Uruguai como em outras partes do mundo”.

“Isso não só obedece às boas práticas em nível nacional e internacional, mas também ao que a própria lei dispõe e estabelece como uma obrigação do Estado, que é dar informação, sensibilizar e promover o diálogo”, afirmou o secretário da Presidência.

Leia: Farmácias uruguaias venderam mais de 1,2 tonelada de maconha

Outra das medidas estipuladas pelo grupo liderado por Vázquez foi o aprofundamento do trabalho “que já vem sendo feito no sistema educacional” em relação ao consumo de drogas.

“Através do desenvolvimento de atividades com os atores mais importantes do sistema, que são os professores, serão oferecidas ferramentas que permitam dialogar com os alunos, seus pais e a comunidade”, acrescentou Roballo.

O Uruguai aprovou em dezembro de 2013, durante o governo de José Mujica, a lei que regulamentou a produção e comercialização da maconha de uso recreativo, que atualmente pode ser adquirida no país de três formas, excludentes entre si: o cultivo doméstico, os clubes de filiação e a compra em farmácias.

A compra em farmácias foi a última via a ser implementada e começou em julho de 2017.

Leia também:

Assim é a campanha de conscientização sobre a maconha no Uruguai

#PraCegoVer: fotografia (de capa) de uma flor de maconha sendo segurada por uma pessoa que está atrás da câmera, diante da bandeira do Uruguai hasteada na “Plaza de la Democracia”, em Montevidéu. Créditos da foto: Henrique Reichert.

lazy placeholder Uruguai fará campanha para alertar sobre riscos da maconha

Sobre Smoke Buddies

A Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!