Universidade do Arizona (EUA) lança programas de certificação em cannabis

cola cultivo Universidade do Arizona (EUA) lança programas de certificação em cannabis

As certificações visam atender à demanda da indústria de cannabis por profissionais treinados em vários aspectos do setor, que vão desde varejo a direito e ciências médicas. As informações são da PR Newswire, traduzidas pela Smoke Buddies

O escritório de Educação Continuada e Profissional da Universidade do Arizona (EUA) se unirá à empresa de educação sobre cannabis Green Flower para oferecer três novos Programas de Certificação em Cannabis sem crédito para ajudar a atender às necessidades da força de trabalho na crescente indústria da cannabis.

Os programas de certificação são: Negócios de Cannabis, Legislação e Políticas de Cannabis e Cuidados de Saúde e Medicina Canábica.

Cada certificado inclui três cursos on-line de oito semanas, que os participantes podem concluir em aproximadamente seis meses.

A Green Flower, líder em educação sobre a cannabis, trabalha com várias faculdades e universidades nos EUA, incluindo a Universidade do Novo México, a Universidade de Syracuse e a Universidade da Califórnia, em Riverside.

“Estamos muito satisfeitos com a parceria com a Green Flower para ajudar os alunos a adquirirem as habilidades necessárias para serem profissionais na florescente indústria da cannabis”, disse Craig Wilson, vice-reitor de educação on-line, à distância e continuada da Universidade do Arizona. “Compreender vários pontos de vista, como negócios, legislação e política, e saúde e medicina, no que se refere à indústria da cannabis, ajudará nossos alunos a estabelecer uma base sólida”.

Mais de uma década atrás, os eleitores aprovaram a Proposta 203, que criou o programa de maconha medicinal do Arizona. Em 2020, os eleitores aprovaram a Proposição 207, que legalizou o consumo social de cannabis para adultos com 21 anos ou mais. Uma robusta indústria de cannabis surgiu no estado, que já gerou mais de US$ 150 milhões em receitas fiscais neste ano.

Leia mais: Vendas de maconha no Arizona (EUA) batem recorde de quase US$ 58 mi em outubro

Junto com esse crescimento, veio uma maior demanda por indivíduos treinados em vários aspectos da indústria de cannabis, que vão desde varejo a direito e ciências médicas. Os novos programas de certificação atenderão a essa necessidade de força de trabalho.

“A Green Flower tem a honra de trabalhar com a Universidade do Arizona e, em particular, com o escritório de Educação Continuada e Profissional”, disse Max Simon, CEO da Green Flower. “Com as novas regras e licenças começando a entrar em vigor, parabenizamos a liderança da universidade por sua visão de querer oferecer programas de certificação destinados a preparar as pessoas para carreiras no que hoje é o mercado de trabalho que mais cresce no país.”

De acordo com o Leafly Jobs Report 2021, a indústria de cannabis legal já suporta mais de 321.000 empregos em todo os EUA. O emprego na indústria cresceu 27,5% ao ano desde 2017, significativamente mais rápido do que muitos outros empregos. O Arizona está projetado para ultrapassar US$ 1 bilhão em vendas anuais totais de cannabis neste ano.

“As mudanças nas leis criaram uma enorme necessidade de educação confiável sobre a cannabis, não apenas para produtores e distribuidores, mas também para profissionais de saúde, profissionais do direito, da aplicação da lei e muitos outros”, disse Rebecca Cook, diretora de Educação Continuada e Profissional da UArizona, que oferece programas de desenvolvimento profissional sem crédito que ajudam os trabalhadores adultos a obter o conhecimento e as habilidades de que precisam para alcançar o sucesso na carreira.

Leia mais: Faculdade comunitária oferece cursos para carreiras na indústria canábica no Arizona

Os cursos dos programas de certificação serão ministrados por instrutores da Green Flower, que são especialistas no assunto na indústria da cannabis e incluem empresários da cannabis, médicos certificados, advogados e especialistas em políticas públicas.

Cook disse que a profundidade de experiência dos instrutores é um dos motivos pelos quais a Educação Continuada e Profissional da UArizona escolheu colaborar com a Green Flower.

“Nosso objetivo é fornecer oportunidades de desenvolvimento profissional relevantes e de alta qualidade que posicionem nossos alunos para o sucesso profissional, e o programa abrangente de educação sobre a cannabis da Green Flower atende a esse padrão”, disse ela.

Os Programas de Certificação em Cannabis flexíveis e totalmente on-line são projetados com alunos adultos ocupados em mente. Os cursos são ministrados on-line em formato assíncrono, para que os participantes não precisem estar on-line em um horário específico para concluir seu trabalho.

As inscrições para os programas já estão abertas, e a primeira coorte começa em 7 de março. O custo de cada certificação é de US$ 2.950. Um desconto de inscrição de US$ 500 está disponível para o primeiro grupo.

Leia também:

Especialização em cannabis: a porta de entrada para o mercado canábico

#PraTodosVerem: fotografia mostra a cola apical de uma planta de cannabis, repleta de tricomas brancos e rodeada por algumas folhas grandes serrilhadas, e um fundo embaçado onde se vê luzes brancas e plantas de um cultivo interno. Imagem: Unsplash / Ryan Lange.

Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!