A trilha do Haxixe: fortuna de traficantes, pobreza de produtores

na trilha do haxixe A trilha do Haxixe: fortuna de traficantes, pobreza de produtores

Em documentário da BBC News, o jornalista Emir Nader investigou as etapas de produção e comércio do haxixe considerado o melhor do mundo. A resina da maconha plantada nas montanhas do Marrocos é vendida nas grandes cidades da Europa. Como a droga chega até lá? Corrupção e conivência de agentes públicos estão entre os fatores

O Marrocos é o maior país exportador de haxixe do mundo e envia, todos os anos, centenas de toneladas do produto à Europa. Embora ainda ilegal no país, na região montanhosa de Rif, a cannabis é plantada em toda parte. É difícil de imaginar que as autoridades não tenha conhecimento, enquanto o governo gasta milhões tentando conter a exportação de haxixe – e essa é apenas uma das muitas contradições encontradas pela equipe da BBC News no local.

Nas montanhas e vales do Marrocos, mais de 40 mil hectares de terra são ocupados por uma planta ainda ilegal. Todos os anos, são produzidos mais de um milhão de quilos de haxixe, sendo que boa parte é destinada aos coffee shops de Amsterdã – onde, na outra ponta, é tolerável vender o produto, mas não comprar em larga escala.

Traficar haxixe é uma aposta de risco, os ganhos pode ser altos, mas a paixão dos europeus pela substância derivada da cannabis condena também os agricultores do Marrocos a uma vida de pobreza e medo. “Não quero plantar maconha, ganho muito pouco com isso, mas não tenho alternativa”, conta um agricultor que depende da cultura para sustentar seis filhos e completa, “o máximo que você ganha é 10 mil dirhams (950 euros) por ano, como vou alimentá-los?”

O governo do Marrocos admite que cerca de um milhão de pessoas em Rif vivem diretamente do cultivo da cannabis. Não há muitas alternativas, afinal, poucas plantas sobrevivem ao clima e terreno da região. Vivendo há 1.600 metros acima do nível do mar, muitas tentativas de outros cultivos não floresceram por lá. “Os grandes traficantes são os únicos a se beneficiar. É como ser escravo em meu próprio país”, declara um agricultor.

As histórias dos agricultores são chocantes, e não por terem relação com a de criminosos violentos. O que se vê é que famílias envolvidas com o cultivo da cannabis são procuradas pela justiça, vivem na pobreza, na exclusão e com medo. São extorquidas pelas autoridades, que emitem multas cujo pagamento garante a liberdade, e mal pagas por compradores, que lucram com a tradição deste cultivo regional.

O país é um dos destinos mais turísticos do mundo e um dos maiores produtores de haxixe no mundo. A resina da maconha plantada nas montanhas do Marrocos é vendida nas grandes cidades da Europa. Como a droga chega até lá? Corrupção e conivência de agentes públicos estão entre fatores.

Para descobrir mais sobre essa contradição, Emir Nader, da BBC News árabe, investigou a história nos lugares onde ela se desdobra. Assista com áudio e legendas em português:

#PraCegoVer: Em destaque (imagem de capa) traz frame de captura documentário mostrando um cultivo de maconha, no Marrocos. Na imagem temos escrito em letras brancas com fundo vermelho no canto inferior esquerdo a marca BBC NEWS e mais acima a direita temo o título A trilha do Haxixe. Fonte: BBC News.

lazy placeholder A trilha do Haxixe: fortuna de traficantes, pobreza de produtores

Sobre Smoke Buddies

O Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!

Deixe seu comentário