Traficantes ampliam vendas on-line de drogas em área nobre do DF

celular maos Traficantes ampliam vendas on line de drogas em área nobre do DF

Por causa da pandemia, que fechou bares e acabou com festas, dealers chegaram a alugar apartamentos próximos a consumidores e negociam drogas por aplicativos de mensagens. As informações são da Época

Uma investigação da Polícia Civil do Distrito Federal aponta que o tráfico sofreu mudanças no decorrer do isolamento social. As quadrilhas dos criminosos passaram a alugar apartamentos na Asa Sul do Plano Piloto para se aproximar do público-alvo e investir em vendas on-line de drogas como maconha, skunk, ecstasy e cocaína.

De acordo com o delegado-chefe adjunto Maurício Iacozzilli, da 1ª DP da Asa Sul, na última sexta-feira (25) uma entrega de maconha foi interceptada pela Seção de Repressão às Drogas (SRD). Por volta das 16h, um carro chegou em frente a um apartamento na região com 12 quilos da droga no porta-malas. A traficante era de Santa Maria, região administrativa do DF, e toda a negociação foi feita on-line.

lazy placeholder Traficantes ampliam vendas on line de drogas em área nobre do DF

Leia mais: Negócio da droga dribla pandemia e sobrevive

“A gente percebeu que, como o movimento nas ruas diminuiu, o tráfico corriqueiro mudou também. Focamos nossas investigações nas redes sociais. Os traficantes que atuam no Plano Piloto passaram a atuar no delivey. Mandam motoboy ou então atendem em casa”, afirma o delegado.

As investigações voltadas para esse tipo de atuação das quadrilhas ocorrem desde maio. Em julho, três traficantes de classe média foram presos na Asa Sul. Filhos de empresário, funcionário público e de um servidor do Senado, os criminosos tiveram dinheiro, drogas e um carro apreendidos.

Segundo Iacozzilli, as investigações irão continuar nos próximos meses.

“Com as nossas investidas, é possível que as vendas on-line percam força ou fiquem mais discretas. Boa parte da maconha vem do Paraguai e as drogas sintéticas estão chegando do Sul do país. Vamos monitorar para alcançar os fornecedores mais importantes”, diz Iacozzilli.

Leia também:

Menos cocaína e mais maconha, como mudou o consumo de drogas durante a pandemia

#PraCegoVer: a imagem em destaque traz a foto de um celular e as mãos da pessoa que o manuseia , e um fundo desfocado em tons de azul.

lazy placeholder Traficantes ampliam vendas on line de drogas em área nobre do DF

Sobre Smoke Buddies

A Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!