THC em certos níveis é eficaz na redução da dor na neuropatia diabética, diz estudo

pistilos calices THC em certos níveis é eficaz na redução da dor na neuropatia diabética, diz estudo

Estudo realizado com adultos portadores de diabetes tipo 1 ou 2 revelou que o THC foi eficaz na redução da dor em certos níveis. As informações foram traduzidas pela Smoke Buddies do Clinical Pain Advisor

Em pacientes com neuropatia periférica diabética dolorosa, há uma associação entre os níveis plasmáticos de tetraidrocanabinol (THC) e os desfechos de dor, de acordo com os resultados do estudo publicado no The Journal of Pain. Esses achados podem enfatizar a importância dos níveis plasmáticos disponíveis ao avaliar os efeitos terapêuticos do THC.

À medida que se acumulam evidências dos benefícios potenciais do THC para neuropatia dolorosa, são necessários mais dados para ajudar na identificação de possíveis dosagens efetivas.

site sb THC em certos níveis é eficaz na redução da dor na neuropatia diabética, diz estudo

Esta análise teve como objetivo explorar a associação entre os níveis plasmáticos de THC e a resposta à dor na neuropatia diabética dolorosa em participantes de um estudo cruzado randomizado, duplo-cego e controlado por placebo para investigar a eficácia a curto prazo da cannabis inalada. Cada participante do estudo foi visto em 4 sessões, recebendo uma dose baixa (1%), média (4%) ou alta (7%) de THC derivado da cannabis, com um período de suspensão (washout) de 2 semanas entre as administrações de cada dose.

Leia mais: Cannabis em microdoses é eficaz no alívio da dor, segundo estudo israelense

O estudo original incluiu 16 adultos com diabetes tipo 1 ou 2, dor espontânea e evocada nos pés e neuropatia periférica diabética dolorosa. Todos os participantes do estudo foram incluídos na análise secundária atual.

A Escala Visual Analógica foi utilizada para avaliar a resposta à dor e o teste de trilhas (Trail-Making Test) foi utilizado para medir a velocidade psicomotora, a atenção e o sequenciamento cognitivo. Os pesquisadores analisaram três desfechos de dor: espontânea, evocada por escova de espuma e evocada por ‘von Frey’.

A intensidade da dor e os testes cognitivos foram concluídos em momentos específicos por 4 horas e as amostras de sangue para níveis plasmáticos de THC foram coletadas após 0, 15, 30, 45, 60, 150 e 240 minutos.

A análise estatística revelou uma associação em forma de U entre os níveis plasmáticos de THC e a classificação da dor. À medida que os níveis plasmáticos de THC aumentavam, a dor era reduzida, até um certo ponto em que um aumento adicional nos níveis plasmáticos de THC estava associado ao agravamento dos escores de dor.

Leia mais: Estudo mostra que maconha legal é mais forte que o necessário para aliviar a dor

Mais especificamente, os escores de dor espontânea diminuíram com o aumento dos valores plasmáticos de THC até 15,59 ng/mL. Acima desta concentração de THC, não houve benefício adicional pelo aumento adicional dos valores plasmáticos de THC em relação à analgesia. Quando os valores plasmáticos de THC subiram além de 31 ng/ml, houve uma piora notável nos escores de dor. Portanto, a janela terapêutica neste grupo de estudo foi determinada entre 16 e 31 ng/mL de níveis plasmáticos de THC.

Os dados sugeriram um efeito linear menor dos valores plasmáticos de THC na função cognitiva, pois apenas 1 dos 3 testes cognitivos apontou uma relação significativa entre valores mais altos de THC e diminuição do desempenho cognitivo.

O presente estudo teve várias limitações, incluindo o pequeno tamanho da amostra e a inclusão de participantes ingênuos de cannabis que podem exigir uso prolongado de cannabis inalada para perceber qualquer efeito na dor.

“Essas descobertas enfatizam a importância de se medir os níveis plasmáticos de canabinoides ao realizar pesquisas futuras”, escreveram os pesquisadores.

Leia também:

Estudo sugere que mais pacientes com dor crônica estão recorrendo à maconha

#PraCegoVer: em destaque, fotografia que mostra em detalhes os pistilos e cálices de uma flor de cannabis repletos de tricomas e um fundo escuro. Imagem: THCameraphoto.

smokebuddies logo2 THC em certos níveis é eficaz na redução da dor na neuropatia diabética, diz estudo

Sobre Smoke Buddies

A Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!