Taxistas de Nova York não serão mais submetidos a testes para maconha

taxis nova york Taxistas de Nova York não serão mais submetidos a testes para maconha

Os profissionais foram advertidos de que ainda devem permanecer sóbrios ao volante. As informações são do New York Post

Com a maconha agora legal em Nova York, a Comissão de Táxis e Limusines (TLC) da cidade não testará mais taxistas e motoristas de livery para cannabis.

“Devido à mudança na lei, daqui para frente, a TLC não fará mais testes para maconha nos testes anuais de drogas exigidos”, escreveu a agência na sexta-feira em um memorando aos licenciados.

site sb Taxistas de Nova York não serão mais submetidos a testes para maconha

“Grande erro”, disse ao The Post Fernando Mateo, fundador e porta-voz da Federação dos Motoristas de Táxis do Estado de Nova York. “É irresponsável.”

“Se eles não vão fazer o teste de maconha, isso significa que os motoristas terão a oportunidade de fumar maconha e dirigir”, disse ele. “Não quero meus filhos em um carro com um cara que fuma maconha e pode fumar maconha regularmente, sem fazer o teste. Temos que traçar a linha em algum lugar.”

giftrimbim1 Taxistas de Nova York não serão mais submetidos a testes para maconha

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Leia mais: A presença de THC no sangue significa que você está “comprometido” para dirigir?

A agência alertou os motoristas: “Embora o uso de maconha agora seja legal para adultos, ainda é lei que os motoristas licenciados sob a TLC devem estar sóbrios quando dirigem um veículo”. Ela também observou que os testes para outras drogas permaneceriam inalterados.

Um estudo da Universidade McGill publicado em março descobriu que “a legalização da cannabis recreativa [adulta] nos EUA foi associada a um risco relativo aumentado de colisões fatais de veículos motorizados de 15% e um aumento relativo de mortes associadas de 16%”.

“É ridículo!”, reclamou um motorista de táxi amarelo ao The Post sobre a nova política de não teste. “Não temos como testar a maconha no local de um acidente. O teste anual de drogas é a única ferramenta que a TLC tem para eliminar os causadores de problemas. Eles não deveriam abandoná-lo.”

Leia: Nova York sonha em ser o novo El Dorado da cannabis

Mas pelo menos uma passageira aprovou a mudança.

“Estou bem com isso, pois sinto que, especificamente em relação ao uso de maconha, as regras visaram especificamente às pessoas de cor e as empurraram mais para fora da força de trabalho”, disse Breyanna Watson de Crown Heights, no Brooklyn. “Então, eu sou pessoalmente a favor. Se houver um problema com as drogas, existem outras maneiras de resolver isso, em vez de negar empregos às pessoas”.

A TLC — que licencia motoristas de táxis, carros livery e veículos Uber e Lyft da cidade — não retornou imediatamente um pedido de comentário.

Uma porta-voz do Uber indicou ao The Post a política de tolerância zero da empresa para dirigir embriagado. A empresa não submete os motoristas a testes de drogas. A Lyft não retornou imediatamente um pedido de comentário.

Leia também:

Estudo levanta questões sobre leis que penalizam a direção sob efeito de maconha

#PraCegoVer: fotografia frontal de dois táxis sedan parados em uma faixa de retenção nas ruas de Nova York. Imagem: Andre Benz | Unsplash.

smokebuddies logo2 Taxistas de Nova York não serão mais submetidos a testes para maconha

Sobre Smoke Buddies

A Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!