Presidente do STJ afasta prisão em 2ª instância de homem flagrado com oito gramas de maconha

martelo de juiz Presidente do STJ afasta prisão em 2ª instância de homem flagrado com oito gramas de maconha

Segundo o ministro Humberto Martins, o STJ deve seguir a orientação do STF de que a pena em razão de condenação em segunda instância só pode começar a ser executada quando esgotados todos os recursos; homem foi preso em flagrante em 2016 com 8 g de cannabis

Em decisão na última sexta-feira (16), o presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Humberto Martins, concedeu liberdade a um homem que teve mandado de prisão expedido contra si após ser condenado em segunda instância por tráfico de drogas.

Segundo o ministro, a mais recente interpretação do Supremo ​Tribunal Federal (STF) sobre a prisão após condenação em segunda instância recomenda que o acusado aguarde em liberdade até o trânsito em julgado da ação penal.

site sb Presidente do STJ afasta prisão em 2ª instância de homem flagrado com oito gramas de maconha

“Na presente hipótese, em juízo preliminar, verifica-se que a prisão do paciente foi decretada exclusivamente em decorrência de julgados do STF que foram superados com o julgamento de mérito das ações declaratórias de constitucionalidade, motivo pelo qual a ordem deve ser concedida”, resumiu Martins.

Leia também: STF concede habeas corpus a mulher presa com 15 kg de maconha

Oito gramas de maconha no bolso

O homem foi preso em flagrante em 2016 com oito gramas de maconha no bolso, além de dinheiro e um celular. O Ministério Público de Minas Gerais ofereceu a denúncia por tráfico, mas o juízo de primeiro grau entendeu que a quantidade apreendida era compatível com a versão do denunciado, de que a droga se destinava ao seu próprio uso, e decidiu pela pena de advertência.

Após recurso da acusação, o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) condenou o réu a seis anos e cinco meses, em regime inicial fechado, e o mandado de prisão foi expedido logo em seguida.

A Defensoria Pública de Minas Gerais entrou com o pedido de habeas corpus no STJ alegando que a antecipação da execução da pena viola o entendimento do STF sobre a presunção de inocência.

Leia mais: STJ: invasão de imóvel após policiais verem manipulação de drogas é ilegal

Cumprimento da pena só após o último recurso

O ministro Humberto Martins afirmou que, depois do julgamento das Ações Declaratórias de Constitucionalidade (ADCs) 43, 44 e 54 pelo STF, o STJ passou a seguir a mesma orientação de que a pena só pode começar a ser executada quando esgotados todos os recursos — como expresso no HC 454.611, julgado sob a relatoria do ministro Joel Ilan Paciornik —, em decorrência da interpretação do artigo 283 do Código de Processo Penal e do artigo 5º, inciso LVII, da Constituição.

“Vale destacar que esse entendimento não importa na soltura imediata de todos os presos que, após o julgamento em segunda instância, foram custodiados sem ter ocorrido o trânsito em julgado da condenação”, lembrou o ministro. Ele esclareceu que, conforme a posição do STF, é preciso analisar cada caso, pois o encarceramento antes do trânsito em julgado ainda é possível quando estiverem presentes os requisitos da prisão preventiva, previstos no artigo 312 do Código de Processo Penal.

No caso em questão, por considerar que a ordem de prisão foi embasada apenas no antigo entendimento do STF, já superado, Humberto Martins concedeu a liminar para garantir que o réu aguarde em liberdade até o julgamento do último recurso.

Veja também:

Nova Jersey (EUA) anula quase 88.000 casos de delitos relacionados à maconha

#PraTodosVerem: fotografia mostra um martelo de juiz de cor marrom-escuro brilhante, com a parte central da cabeça de cor dourada, suspenso sobre sua base e, ao fundo, fora de foco, um livro aberto sob o foco da luz. Foto: Jeso Carneiro | Flickr.

smokebuddies logo2 Presidente do STJ afasta prisão em 2ª instância de homem flagrado com oito gramas de maconha

Sobre Smoke Buddies

A Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!