Startups israelenses se unem para criar cannabis mais fácil de cultivar

Luiz Michelini Startups israelenses se unem para criar cannabis mais fácil de cultivar

A Cann10 se uniu com a Epigenetics na Cann10 EpiGen, uma empresa focada no uso de tecnologia epigenética de ponta para criar uma versão da planta de cannabis mais fácil de cultivar

A Cann10 e a Epigenetics, duas startups israelenses, investirão conjuntamente dezenas de milhares de dólares para promover pesquisa da planta de cannabis usando a nova tecnologia, com o objetivo de melhorar as características desejáveis ​​da planta e aumentar a eficiência e a qualidade de seu crescimento.

Nas próximas semanas, a primeira pesquisa usando a nova tecnologia começará na fazenda de cannabis administrada pelo Seach Medical Group, enquanto os resultados iniciais da pesquisa deverão ser revelados em seis meses.

Leia também: Israel recebe primeira remessa de maconha medicinal importada

Epigenética é uma tecnologia de última geração de última geração, que se concentra em revelar partes ocultas do DNA da planta e em permitir que genes selecionados se manifestem. Atualmente, este método é aplicado globalmente a várias culturas agrícolas. Por exemplo, em experimentos realizados com tomate e milho, essa tecnologia conseguiu multiplicar o nível de fotossíntese das plantas por 100 e, dessa maneira, aumentar significativamente o rendimento.

Saiba mais: Governo de Israel financiará incubadora de startups de maconha medicinal

Espera-se que a tecnologia de ponta seja vendida como uma franquia para as fazendas de cultivo de cannabis em Israel e no exterior e melhore a eficiência e a produtividade dos cultivos em escala na indústria global de cannabis.

Segundo o The Jerusalem Post, o CEO da Cann10, Ori Alperovitz, disse em comunicado que “a colaboração com a Epigenetics é o resultado de uma busca constante pela próxima invenção excepcional na indústria da cannabis. Acreditamos que a inovação mudará as regras do jogo da indústria global de cannabis”.

“A nova colaboração é um marco significativo para alcançar a estratégia da empresa de expandir suas operações em Israel e no exterior e aumentar sua produtividade através do uso de tecnologias inovadoras de cultivo e promover a pesquisa e o desenvolvimento da cannabis. À medida que a pesquisa avança, a empresa conjunta pode trabalhar para fornecer franquias para usar a tecnologia em Israel e no exterior ”, acrescentou Alperovitz.

A Cann10 oferece produtos e tecnologias para cannabis medicinal, incluindo a linha de produtos Cannareet, e opera o centro de inovação CannXL no setor de cannabis.

Leia também:

Empresa israelense líder em cannabis se torna pública

#PraCegoVer: em destaque, fotografia em plano fechado que mostra o topo de um bud em cultivo, com pistilos em tons de rosa, e fundo desfocado. Foto: Luiz Michelini.

lazy placeholder Startups israelenses se unem para criar cannabis mais fácil de cultivar

Sobre Dave Coutinho

Carioca, Maconheiro, Ativista na Luta pela Legalização da Maconha e outras causas. CEO "faz-tudo" e Co-fundador da Smoke Buddies, um projeto que começou em 2011 e para o qual, desde então, tenho me dedicado exclusivamente.
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!