Startup brasileira cria fórmula que pode reduzir em 60% custo de remédio à base de cannabis

seringa folha flor Startup brasileira cria fórmula que pode reduzir em 60% custo de remédio à base de cannabis

Testes mostram que medicamento aumenta em até duas vezes a concentração de CBD que chega ao sangue e reduz a variação de efeitos entre pacientes. As informações são do Globo Rural

A startup de biotecnologia brasileira Entourage Phytolab anunciou ter testado com sucesso uma nova fórmula que permitirá produzir medicamentos à base de cannabis com mais eficiência e reduzir os custos de tratamentos no país em até 60%.

A confirmação dos resultados dos testes ocorreu durante o International Cannabinoid-Derived Pharmaceuticals Summit (ICDP), evento internacional de pesquisa e desenvolvimento de cannabis medicinal.

lazy placeholder Startup brasileira cria fórmula que pode reduzir em 60% custo de remédio à base de cannabis

A nova formulação é fruto de mais de quatro anos de pesquisa da biotech sediada em Valinhos (SP). Comparada à geração atual de medicamentos, segundo a empresa, ela aumenta em até duas vezes a concentração de CBD que chega ao sangue.

De acordo com Caio Santos Abreu, CEO da Entourage, na prática esse ganho de eficiência poderá ser repassado aos pacientes barateando os tratamentos atuais com canabinoides no Brasil em até 60%. Hoje, o preço médio de um remédio à base de CBD é de R$ 2,5 mil.

Leia mais: Unicamp e Entourage Phytolab firmam parceria de pesquisa sobre cannabis medicinal

Além da vantagem com a maior absorção, os resultados mostram que a fórmula reduz a variação dos efeitos do medicamento entre diferentes pacientes. “A variabilidade dos resultados nos pacientes é três vezes menor do que a dos produtos disponíveis no mercado”, diz Manuel De Prá, head de pesquisa e desenvolvimento da Entourage Phytolab e responsável pela pesquisa.

Agora, o medicamento avançará para as etapas finais de testes. As vendas em farmácia devem começar em 2021, por meio de autorização sanitária para produtos de cannabis, conforme regulamentação da Anvisa vigente desde março.

Além do tratamento de epilepsia, o medicamento de CBD também tem sido indicado para dores crônicas, ansiedade, autismo, Parkinson e Alzheimer, entre outras doenças. Segundo a consultoria The New Frontier Data, o Brasil tem atualmente mais de 3,4 milhões de pacientes que podem se beneficiar do uso medicinal da cannabis.

Leia também:

Quem são os médicos prescritores de cannabis no Brasil?

#PraCegoVer: em destaque, fotografia que mostra uma seringa preta junto a uma pequena flor seca e duas folhas verdinhas de maconha, sobre um pedaço de tecido que parece ser feito de algodão cru. Foto: Pixabay.

Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!