Só a quantidade de drogas não é prova do crime de tráfico, decide TJ-SP

juiz absolve cultivador maconha smoke buddies Só a quantidade de drogas não é prova do crime de tráfico, decide TJ SP

O caso do dentista, preso em agosto de 2017, acusado de tráfico pela posse de maconha, haxixe, cocaína e ecstasy, foi trancado pela Justiça de São Paulo. A alegação da defesa de que ele iria usar as drogas com um amigo foi aceita pelo desembargador Nilson Xavier.

Apenas quantidade e variedade de drogas apreendidas com uma pessoa não são o bastante para caracterizar tráfico. Com esse entendimento, a 11ª Câmara de Direito Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo trancou ação penal aberta contra um dentista preso com maconha, haxixe, cocaína e ecstasy, conforme informado pelo ConJur.

O dentista foi preso em agosto de 2017. Ele estava com 66 gramas de haxixe, 24,5 gramas de maconha, 3,11 gramas de cocaína, 22 comprimidos de ecstasy e duas pedras de metanfetamina. Junto com o dentista foi preso um homem que tinha em depósito 346,94 gramas de maconha, 24,76 gramas de cocaína, 9,1 gramas de haxixe e 37 comprimidos de ecstasy.

A defesa do dentista alegou que ele era apenas usuário, diferentemente do segundo réu. A narrativa construída por seus advogados é de que ele iria consumir as drogas junto com um amigo em casa.

O relator do caso, desembargador Nilson Xavier de Souza, concluiu que a alegação era plausível. “Não há informação de que o réu tenha participado de organização criminosa. Apesar da quantidade levar à suspeita de tráfico, não há como manter a condenação”, destacou.

O desembargador, no entanto, deu provimento ao recurso interposto pelo Ministério Público para afastar o redutor legal e aumentar a pena do outro réu para cinco anos de prisão. Os dois tinham sido condenados, na primeira instância, a um ano e oito meses de reclusão.  A decisão foi unânime.

Processo nº xxxxxx – Por solicitação da família e amigos, à Smoke Buddies, removemos o número do processo do artigo. Caso você seja advogado e necessite do número solicite por e-mail. Clicando aqui.

Leia também:

Lei Antidrogas criminaliza usuário e ajuda a superlotar penitenciárias

#PraCegoVer: fotografia (de capa) em ponto de vista superior que mostra um martelo utilizado por juízes na cor de madeira, próximo a algumas flores de maconha na cor verde sobre uma superfície lisa e branca.

lazy placeholder Só a quantidade de drogas não é prova do crime de tráfico, decide TJ SP

Sobre Smoke Buddies

O Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!

Deixe seu comentário