Descubra o que aconteceu com o grupo e conheça o Smoke Buddies Resistência 3.0

o que aconteceu com smoke buddies resistencia grupo maconha Descubra o que aconteceu com o grupo e conheça o Smoke Buddies Resistência 3.0

Pela terceira vez, no dia 02 de dezembro, o ‘Facebook’ censura e deleta mais um grupo do Smoke Buddies, dessa vez com 150 mil membros… Entenda o que aconteceu e olha nós aqui de novo – o Mundo é dos Buddies!

Um pouquinho da história…
O #SB nasceu como um grupo de debate, para troca de informações, experiências, casos e brisas relacionadas ao mundo da ganja, e foi bolado no dia 25 de janeiro de 2011, no lugar de origem da proibição do “Pito do Pango” – A Maconha, no Rio de Janeiro. Com as ferramentas dadas pelo Facebook, um grupo secreto foi criado para que, no melhor estilo formiguinha, um a um fosse adicionado por um amigo em comum. Então veio a ideia de reunir usuários, ativistas, antiproibicionistas e adeptos da cultura canábica em um só lugar. Com um modelo administrativo revolucionário, passamos a ter mais de 200 colaboradores espalhados pelo mundo, conectados por um emaranhado de redes, o que nos mantém informado e conectados uns aos outros.

[quote_left]

lazy placeholder Descubra o que aconteceu com o grupo e conheça o Smoke Buddies Resistência 3.0

[/quote_left]

Após completar 2 anos de existência (25 de Janeiro 2013), o maior grupo de maconheiros já visto chegou atingir a marca de 300 mil membros debatendo, informando, sequelando e brisando unidos em prol do verdinho! Porém como uma massa incomoda muita gente no dia 21 de maio de 2013, com grande pesar comunicamos a exclusão involuntária da primeira e maior provavelmente maior roda de maconheiros já existente nas redes sociais, no mesmo instante foi bolado o Smoke Buddies 2.0, que também foi deletado pelo Facebook, 12 horas depois.

…Desistir seria a opção mais viável e menos trabalhosa aos administradores do grupo, mas quem disse que há desistência em nosso vocabulário!? Não! e assim criamos o Smoke Buddies Resistência – pensando em ir ainda mais longe, e com um novo formato.

Sempre acreditamos e enxergamos diferente, principalmente dos que acham que postar uma foto, compartilhar uma ‘brisa’ e frequentar uma ‘rede social cannábica’ não contribui em nada com a regulação, legalização ou como queiram chamar…

O objetivo do Smoke Buddies, sempre foi mostrar que o grupo não era apenas uma modinha e passamos a assumir o papel de protagonistas, com os buddies levando os membros as Marchas onde antes haviam poucas pessoas, e com nossas regionais ajudamos a levar o ato até mesmo onde nunca existiu.

Com todos os usuários e colaboradores dentro do grupo, criamos este portal – onde mostramos, informamos, direcionamos e incentivamos cada vez mais a cultura cannábica em diversos formatos.
Unindo toda essa interação, entre usuários do grupo, visitantes da página, dos coletivos, ativistas e outros veículos canábicos contribuíram com que nesse ano conseguíssemos 20 mil apoiadores, levando o debate da regulamentação da maconha – #SUG8, até o Senado Federal.

Não poderíamos parar agora!
Continuamos entendendo a extrema importância que o grupo nacional e suas regionais possuem para militância, seja em relação ao ativismo ou ao recreacional, afinal até quem é ativista de carteirinha não resistiu e já postou alguma vez no #SB, sem deixar de questionar; –qual é outro lugar que reúne uma massa como costumamos reunir, que podem ser direcionados a todos os atos nacionais?

[quote_box_right]

Conheça as nossas 10 regrinhas básicas do grupo;

[/quote_box_right]

Ainda hoje nos sentimos como há 17 anos, quando o Planet Hemp foi impedido de cantar, tendo sua liberdade de falar sobre a planta, direito garantido na constituição, completamente violada. Atualmente a mesma liberdade continua frágil e o Smoke Buddies é constantemente calado pelas redes sociais, através das denúncias de uma sociedade que desconhece que Maconha causa muito menos mal do que álcool e tabaco e rivotril.

Não é apologia!
Lutamos para termos não só o direito de usar a maconha nas formas recreativamente, medicinais, industriais e religiosas, mas também para falar abertamente e livre de tabus, questionando sobre a sua proibição, sem nos sentirmos fora da lei.

Por isso a equipe Smoke Buddies continua diariamente trabalhando com compromisso em buscas das novidades globais sobre a erva, conferindo a vericidade de cada matéria e incentivando mobilizações como as da #SUG 8 e #SUG10, propostas que levaram os debates sobre o porte para uso pessoal, cultivo da maconha para fins medicinais e o da Regulamentação ao Senado Federal. Divulgamos intensamente todas Marchas da Maconha, atos do dia 27 de novembro e outras manifestações espalhadas pelo Brasil, divulgamos e ajudamos com a organização dos atos da Ceia dos Excluídos, participamos das audiências públicas em Brasília (confira aqui e aqui) colocando nossa cara a tapa quantas vezes precisar, sendo inclusive referência de informação no Estudo 765, encomendado pelo Senador Cristovam Buarque e publicado sendo anexado junto ao relatório sobre a regulação da maconha no Brasil.

#FicaDica – Smoke Buddies é muito mais que uma rodinha!

Para quem ainda pensa que o Smoke Buddies é apenas mais um grupinho sobre a erva, convidamos você a conhecer nossa revista eletrônica, e descobrir que falamos muito sério! Atualmente temos uma média de 1 Milhão de views mensais a equipe segue em constante crescimento e desenvolvimento.
Além das notícias diárias você encontra entretenimento, tirinhas cannábicas como as da Toca do Gago e da Rolling Comedie Inc., a rádio oficial dos buddies, divulgação e cobertura de atos e eventos, colunistas e muito mais, que você poderá comprovar em nossa Retrospectiva Canábica 2014, que sairá em breve…

Assim, memso após a queda do grupo Smoke Buddies Resistência em 02 de dezembro, com quase 150 mil amigos, continuaremos com a ideia da Resistência, na versão 3.0, sempre buscando aprimorá-la e renová-la de acordo com as necessidades, mantendo a missão de incentivar, informar e direcionar cada vez mais os buddies, à luta pela legalização, contando sempre com ajuda de todos os membros, ativistas, coletivos, parceiros e claro e com a sua também.

Estaremos sempre a frente, nos expondo e lutando, pois acreditamos e somos apaixonados pelo que fazemos.

Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!