Smoke Buddies indica: 10 filmes chapados para rir na Netflix

pineapple express Smoke Buddies indica: 10 filmes chapados para rir na Netflix

Dizem por aí que maconha e Netflix formam uma dupla imbatível, que faz a cabeça (e o rolê) de muita gente, como ritual diário ou na forma de maratona semanal

Se você concorda, mas demora mais para apertar o play na escolha da vez do que para apertar um, vale acompanhar a série “Smoke Buddies indica”, que estreia hoje e vai listar por gênero, semanalmente, opções de filmes disponíveis na plataforma de streaming Netflix – começando, é claro, pela variedade mais democrática no gosto maconheiro: a comédia.

Leia também: Os 6 melhores filmes para assistir chapado na Netflix #3

Do chavoso Pineapple Express (Segurando as Pontas – 2008) ao icônico Monty Python (A Vida de Brian – 1979), o gênero cômico é eclético por si, e abriga tanto o mainstream, com direito à Jennifer Aniston e romance, quanto o irreverente, como a animação sobre uma suruba de alimentos escrita pelo maconheiríssimo Seth Rogen. Nesta seleção de dez títulos para rir na Netflix, trouxemos um pouco de cada referência, sem perder a marola. Aperte um e confira!

Obs: os títulos a seguir são sugestões da redação, com base em indicações do nosso público, que estão disponíveis na Netflix até o dia da publicação da lista – e, da mesma forma que podem não agradar a todos, já que entramos em uma esfera subjetiva de gostos e humores, também podem sair de cartaz da plataforma.

Between Two Ferns – O Filme (2019)

Estrelado por Zach Galifianakis, o Between Two Ferns – O Filme traz termos como “pseudodocumentário”, “excêntrico” e “humor seco” na descrição, e um elenco de peso, que interpreta a si mesmo, em uma referência aos programas de entrevistas dos Estados Unidos.

Monty Python – A Vida de Brian (1979)

Referência em comédia britânica, o grupo Monty Python, que estreou na tv inglesa há 50 anos, influenciou a comédia do mundo com uma proposta ousada e ácida, mas atual e moderna. No A Vida de Brian, que chegou a sofrer censura em alguns países e foi duramente criticado pelos religiosos à época, mas depois se tornou um dos grandes hits do grupo, o alvo é a história de Cristo.

Família do Bagulho (2013)

Já que não podem faltar na lista mais marolada da internet referências à maconha, selecionamos uma comédia leve, que usa o tema (e escorrega em alguns clichês canábicos) como pano de fundo para uma trama a la Hollywood, na fórmula clímax, tensão e final feliz com alguma mensagem moral. Com Jennifer Aniston e Jason Sudeikis no papel do casal protagonista, o Família do Bagulho tem indicação etária de 14 anos.

Se eu fosse um homem (2017)

A comédia francesa também não pode ficar de fora da lista de filmes chapados. Nesta sugestão, escrita, dirigida e estrelada por Audrey Dana, a história em Se Eu Fosse um Homem explora os conflitos de uma mulher que acorda no corpo de um homem – e as sutilezas dessa situação inusitada. Uma versão mais interessante do “Se eu fosse você”, sem a Glória Pires e o Tony Ramos.

Um banho de vida (2018)

Deliciosamente engraçado, o também francês Um banho de vida conta a história de um grupo de homens, cada um sofrendo, à sua forma, com a crise da meia idade, que formam a primeira equipe de nado sincronizado da cidade. O papel do ator Philippe Katerine em seu personagem na trama (o de sunga vermelha, abaixo) lhe rendeu o prêmio Cesar de melhor ator coadjuvante.

 

Pineapple Express (2008)

Conhecido por aqui como Segurando as Pontas, o filme estrelado por Seth Rogen, James Franco e Danny McBride tem ainda Jude Apatow como o roteirista por trás dos textos hilários, que, na atuação de Franco, lhe renderam indicação ao Globo de Ouro. Clássico dos maconheiros, estampa a imagem de capa desta série. Sem mais.

Casa de Mi Padre (2012)

Nas categorias “cinema do absurdo” e “besteirol” da plataforma de streaming, o Casa de Mi Padre é um dos exemplos de filme que faz de Will Ferrell um dos nomes indispensáveis na seleção de títulos engraçados. Nesta comédia que mistura caubóis e mexicanos, sua atuação é simplesmente hilária – e fica a dica para buscar outros títulos do ator.

O Incrível Mágico Burt Wonderstone (2013)

Nas mesmas categorias da comédia acima, O Incrível Mágico Burt Wonderstone traz um elenco de peso, que conta com nomes como Steve Buscemi, Steve Carell, Jim Carrey e Olivia Wilde, para contar uma história situada em Las Vegas que percorre o mundo dos shows de mágica e a rivalidade entre ilusionistas.

Office Christmas Party (2016)

Se existe a chance que um dia você se interesse por algum filme com a temática natalina (à exceção do clássico Esqueceram de Mim, que não consta em cartaz na Netflix), o filme Office Christmas Party pode te dar algumas gargalhadas por oferecer uma situação irreverente ao ambiente corporativo – e outro com a Jennifer Aniston no elenco.

Festa da Salsicha (2016)

Para fechar a lista que estreia nossa série de indicações de filmes chapados, uma animação para lá de adulta – e bem non-sense – sobre a luta de um grupo de alimentos pela sobrevivência fora do supermercado. Com roteiro e atuação de Seth Rogen, James Franco e Jonah Hill, entre outros feras da comédia contemporânea, o Festa da Salsicha é a garantia de pelo menos um sorriso na session.

Leia mais:

Terror e Maconha: 5 filmes na Netflix para você se assustar e chapar

#PraCegoVer: fotografia (de capa) em plano fechado que mostra metade da face de Seth Rogen (esquerda), com um sorriso fechado, e metade da face de James Franco, gargalhando. Foto: recorte do cartaz do filme “Pineapple Express”.

Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!

Deixe seu comentário