Smoke Buddies indica: 10 filmes baseados em fatos reais para ver na Netflix

frida kahlo dez filmes baseados fatos reais netflix Smoke Buddies indica: 10 filmes baseados em fatos reais para ver na Netflix

Na segunda lista da série Smoke Buddies indica, selecionamos dez títulos da plataforma de streaming Netflix com um quê de realidade, em histórias que inspiram, surpreendem, divertem ou nos fazem refletir

Depois dos 10 filmes chapados para rir na Netflix, que inaugurou, na semana passada, a série Smoke Buddies indica, é a vez de fazer a mente viajar por histórias de pessoas que deixaram como legado biografias dignas de roteiros cinematográficos, literalmente.

Então, se você adora o fato de que a trama que vê na telinha tem relação com a realidade, vai chapar com a seleção a seguir, que reúne desde jornadas épicas com desfechos gloriosos até o que há de mais humano em histórias reais – incluindo tretas, dramas, falhas e defeitos.

Obs: os títulos a seguir são sugestões da redação, com base em indicações do nosso público, que estão disponíveis na Netflix até o dia da publicação da lista – e, da mesma forma que podem não agradar a todos, já que entramos em uma esfera subjetiva de gostos e humores, também podem sair de cartaz da plataforma.

VIPs (2010)

Estrelado por Wagner Moura no papel de um dos maiores estelionatários do Brasil, o filme VIPs retrata a trajetória de ascensão – e queda – de um homem movido pelo desejo de reconhecimento social, fama e brilho que, com talento e uma boa dose de charlatanismo, se passou por celebridades, executivos e milionários brasileiros na busca por um lugar ao sol.

O menino que descobriu o vento (2019)

Com estréia mundial no Festival de Cinema de Sundance de 2019, a produção da Netflix conta a emocionante história baseada no livro de memórias de William Kamkwamba que, quando garoto, ajudou sua comunidade em Malaui, um país africano, a superar uma grande crise que a seca – e a falta de alimentos – trouxe. O drama britânico é o primeiro dirigido por Chiwetel Ejiofor, que também atua como pai do protagonista.

Sully – O Herói do Rio Hudson (2016)

É possível que a memória do pouso de emergência de um avião que levava 150 passageiros no Rio Hudson (EUA), em 2009, ainda esteja na cabeça de muitos que acompanharam ao vivo a impressionante façanha. Mas, o que aconteceu depois? Dirigido por Clint Eastwood e estrelado por Tom Hanks no papel do piloto, o capitão Chesley “Sully” Sullenberger, o filme revela como o herói nacional enfrentou dura investigação e julgamento pela agência de regulação aérea dos Estados Unidos.

Grandes Olhos (2014)

O filme biográfico dirigido por Tim Burton conta a história da pintora estadunidense Margaret Keane, interpretada por Amy Adams, conhecida por registrar inconfundíveis olhos grandes em seus retratos em tela. O enredo, porém, se passa antes que o mundo a reconhecesse como a artista por trás das obras de arte pop – e mostra como seu segundo marido, na pele de Christoph Waltz, se fazia passar pelo autor das peças.

O Regresso (2015)

O filme que rendeu a Leonardo DiCaprio seu primeiro Oscar como melhor ator (e concorreu em mais 12 categorias, recorde no ano, vencendo 3 no total) é uma adaptação à história real de Hugh Glass (1783-1833), um caçador de peles que busca vingança a um mercenário cruel que o deixou à beira da morte no rio Mississipi. Com cenas gráficas fortes, O Regresso é longo e denso – mas vale cada minuto.

Frida (2002)

Indicada ao Oscar, Globo de Ouro e ao prêmio BAFTA por sua atuação na pele da artista mexicana Frida Kahlo, Salma Hayek, em Frida, mostra parte da excitante – e também dolorosa – vida da pintora, sobretudo a complexidade de seus relacionamentos amorosos, como o casamento conturbado com Diego Rivera e o caso com o político Leon Trótski e com várias outras mulheres.

Fome de Poder (2016)

Quer saber como o McDonald’s se tornou o império que é hoje? No Fome de Poder, Michael Keaton faz o papel do empresário Ray Kroc, que não apenas viu potencial no modelo de negócios criado pelos irmãos McDonald na Califórnia na década de 1940, mas fez daquele seu próprio negócio, com tino, algumas jogadas sujas e nenhum escrúpulo.

Lion – Uma Jornada para Casa (2016)

Baseado na história de vida de Saroo Brierly, que escreveu sua trajetória no livro “A Long Way Home” e também assina o roteiro do filme, Lion – Uma Jornada para Casa é estrelado por Dev Patel no papel do protagonista, um homem que foi adotado, ainda pequeno, por um casal australiano, mas que nunca desistiu de reencontrar sua família biológica na Índia.

The Dirt – Confissões do Mötley Crüe (2019)

Com todos os ingredientes de um enredo eletrizante, incluindo sexo, drogas e rock’n’roll, a autobiografia da banda de glam metal Mötley Crüe mistura drama com comédia para mostrar os altos e baixos da vida de seus integrantes, incluindo cenas memoráveis da história da banda relatadas no livro que deu origem ao filme, como uma briga com fãs no primeiro show e a amizade com Ozzy Osbourne, interpretado por Tony Cavalero.

O banqueiro da resistência (2018)

Um exemplo de história que nos inspira e faz restaurar a fé na humanidade, o filme holandês que se passa na época da Segunda Guerra Mundial mostra como o banqueiro Wally van Hall criou, com ajuda de seu irmão, um banco clandestino em Amsterdã, que, fraudando o sistema bancário do país, financiou parte da operação contra o nazismo no período.

#PraCegoVer: fotografia (em destaque) que mostra Frida Khalo na frente de um fundo verde e florido.

Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!

Deixe seu comentário