Quarentena: cinco hábitos para cultivar durante o isolamento social

quarentena Quarentena: cinco hábitos para cultivar durante o isolamento social

A pandemia de coronavírus, que traz riscos e medo à população, deve também fechar as portas de negócios e espaços públicos, deixando muita gente de quarentena, voluntária ou compulsória, dentro de casa nos próximos dias. Veja alguns hábitos para cultivar nesse tempo de isolamento social

Sabemos que “quarentena não é férias” e que as medidas de prevenção ao contágio pelo coronavírus, como o trabalho remoto e a dispensa da faculdade, são simplesmente o oposto de reunir a galera para uma session, mesmo que apenas para as amizades ‘de casa’.

Coronavírus e a maconha: saiba como se prevenir e evitar o contágio

Por outro lado, o surto que coloca muita gente de castigo pelo isolamento social, voluntário ou compulsório, pode ser visto como uma oportunidade para refletir, aprender e colocar em prática novos hábitos, como o autocuidado e a descoberta de um hobby, por exemplo. Agora, se o seu negócio é usar o tempo de quarentena para maratonar em filmes que o trânsito, os encontros sociais e a rotina não te permitem, confira nossa seleção Smoke Buddies indica, com títulos na Netflix para todos os gostos.

Mãos na terra

Um vaso, terra, sementes, água e um ambiente com luz são o suficiente para você começar a cultivar flores, brotos ou ervas aromáticas em casa. Além de terapêutica, a prática de jardinagem pode garantir um temperinho especial, direto da horta, na comida de todo dia — se é que você me entende. Use o isolamento para sair do celular e colocar as mãos na terra. Só não deixe de lavá-las muito bem depois.

Cuide do seu espaço…

Aproveite o clima antisséptico da quarentena para organizar aquela gaveta, ou kit pala, e lavar suas piteiras e bongs que precisam de uma boa limpeza. Manter seus acessórios bem higienizados não é uma boa ideia apenas em tempos de coronavírus, mas um hábito para cultivar para a vida toda. Comece já.

Da sua comunidade…

O momento é de cuidado. Isolamento social não significa estocar produtos, dispensar serviços e curtir a brisa na bolha. Se a sua situação financeira permitir, é claro, continue contribuindo com prestadores de serviço autônomos, como diaristas e personal trainers, e fortaleça os pequenos comércios do seu bairro, que estão mais sujeitos aos impactos financeiros desta pandemia.

De você…

Olhando os aspectos otimistas de uma situação lamentável, a quarentena é a oportunidade para você usar o tempo em casa, sem tantos ruídos externos, para olhar para dentro: colocar aquele projeto canábico no papel, ler um livro ou, quem sabe, descobrir um hobby. Mas também para cuidar da saúde, descansar e manter o corpo hidratado.

E não pire!

A situação é séria, e existe a possibilidade de piorar nos próximos dias, mas lembre-se: isso vai passar. E, se cada um fizer sua parte, o estrago pode ser amenizado. Nesse meio tempo, tente não pirar — mesmo que tenha que passar pela quarentena na seca. Mantenha contato (virtual) com pessoas queridas, preencha o tempo com atividades que te façam bem e busque inspiração nas pequenas coisas.

Leia também:

Homem com maconha diz ter coronavírus para evitar abordagem no DF

#PraCegoVer: foto (de capa) que mostra uma folha de maconha, com sete pontas (folíolos) serrilhadas que partem de sua base, em fundo infinito de cor rosa pastel. Imagem: THCamera Photography.

lazy placeholder Quarentena: cinco hábitos para cultivar durante o isolamento social

Sobre Thaís Ritli

Thaís Ritli é jornalista e observadora do feminino no universo da cannabis, que se traduz em colunas mensais sobre o tema na Smoke Buddies.
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!