Produtora jamaicana de maconha ajuda São Vicente e Granadinas a reviver produção de cannabis

plantacao cultivo Produtora jamaicana de maconha ajuda São Vicente e Granadinas a reviver produção de cannabis

Doação de sementes representa a primeira exportação legal de material de maconha da Jamaica para outro país do Caricom. As informações são do Jamaica Observer

A produtora jamaicana de maconha medicinal Pure Jamaican correu para ajudar São Vicente e Granadinas (SVG) a reviver sua indústria local de maconha, que foi destruída pelo vulcão La Soufrière em abril deste ano.

A empresa jamaicana doou 10.000 sementes de maconha feminizadas premium, e premiadas, para SVG.

gravital sb Produtora jamaicana de maconha ajuda São Vicente e Granadinas a reviver produção de cannabis

Isso representa a primeira exportação legal de material de maconha da Jamaica para outro país do Caricom (bloco de integração econômica e política do Caribe). As sementes foram produzidas sob uma iniciativa de pesquisa e desenvolvimento liderada pelo mestre cultivador da Gi Life Farm, da Pure Jamaican, Ed Rosenthal, Benjamin Lind, da Humboldt Seed Company, e Dr. Machel Emanuel, principal investigador do Life Science Cannabis Research Group da Universidade das Índias Ocidentais.

Leia mais: São Vicente e Granadinas: cultivadores de maconha recebem anistia do governo

A doação foi apresentada à Autoridade de Cannabis Medicinal (MCA) da SVG por Robert Wright, diretor da Pure Jamaican e presidente da Gi Life Foundation. Ao aceitar a generosa doação, o diretor executivo da MCA, Dr. Jerrol Thompson, disse: “A MCA de São Vicente e Granadinas graciosamente aceita essas sementes feminizadas de alto desempenho, em nome dos cultivadores tradicionais de SVG. Muitas das variedades e landraces tradicionais que existiam em SVG foram destruídas pela erupção de La Soufrière”.

Explicando que uma dessas variedades locais se originou da Jamaica, o Dr. Thompson acrescenta que “esta doação não só ajuda a reabilitar os meios de subsistência e a capacidade de produção desses agricultores, mas também vai melhorar a qualidade das sementes como material de plantio especialmente projetado para um ambiente tropical. Que esta doação histórica e generosa inspire ainda mais cooperação e sirva de exemplo para o mundo”.

Leia também: Cresce a demanda pela cannabis jamaicana

Por sua vez, o Dr. Emanuel descreveu a doação como “um verdadeiro gesto humanitário da Pure Jamaican para oferecer material de plantio de cannabis limpo na forma de sementes feminizadas de várias cultivares que foram estabilizadas e criadas para alta produção de THC em um clima equatorial. Esta doação também é o primeiro passo para estabelecer a economia canábica caribenha, onde a cannabis pode cruzar jurisdições regionais legalmente”.

O presidente da Autoridade de Licenciamento de Cannabis da Jamaica (CLA), LeVaughn Flynn, elogiou a Pure Jamaican e a Gi Life pela contribuição de sementes premium para a comunidade canábica em SVG, observando que o país tem uma forte tradição de cultivadores de maconha e sua própria existência foi ameaçada pelas recentes erupções vulcânicas. “Esta doação é uma declaração forte e sinaliza união. Será parte do renascimento da SVG, enquanto busca abrir seu nicho na indústria global de cannabis”, disse a CLA.

Saiba mais: Belize pode regulamentar a cannabis para adultos em breve

Por sua vez, Diane Edwards, presidente da Jamaica Promotions Corporation (Jampro), disse que sua organização “está entusiasmada em trabalhar com a Pure Jamaican neste esforço para estimular o cultivo em SVG e na região da Caricom. A Pure Jamaican e o Dr. Machel Emanuel têm padrões extremamente elevados para o cultivo botânico moderno. Também esperamos que isso seja um grande benefício econômico para a SVG”.

O cofundador e CEO da Pure Jamaican, Scott Cathcart, apontou para o fato de que o mundo está descobrindo cada vez mais os presentes que a maconha pode oferecer, acrescentando: “esperamos que este presente da genética premium possa não apenas ajudar a produzir medicamentos para pacientes em SVG, mas também levar a tremenda oportunidade econômica para o país”.

Veja também: Trindade e Tobago deve legalizar a maconha para fins médicos e religiosos

A Pure Jamaican está escalando ativamente as operações para produzir grandes volumes de maconha de genética premium para exportação para jurisdições legais em todo o mundo. O Pure Jamaican Group of Companies também está catalisando a cadeia de fornecimento global de moléculas de canabinoide e psilocibina de grau farmacêutico e novos sistemas de distribuição para essas moléculas, e defendendo formas inovadoras de utilizar botânicos para inventar novos medicamentos revolucionários e produtos embalados de marca para o consumidor.

Com uma equipe que abrange os Estados Unidos, Canadá, Jamaica, México e Israel, a Pure Jamaican é uma organização multinacional com a missão de ajudar pessoas e populações a alcançar o bem-estar e ajudar a transformar vidas em todo o mundo. Os diversos fluxos de receita da Pure Jamaican apoiam a criação de valor sustentável de longo prazo nas indústrias farmacêutica, nutracêutica e de CPG. Enquanto isso, a Pure Jamaican também se dedica à filantropia e criou duas fundações de caridade na Jamaica para o benefício das comunidades rurais nas quais opera fazendas.

Leia mais:

Lendas da NBA Allen Iverson e Al Harrington lançam sua nova variedade de cannabis

#PraTodosVerem: fotografia mostra uma plantação de cannabis a céu aberto, onde a cola de uma das plantas aparece flamulando ao centro, e uma área montanhosa com árvores, ao fundo. Imagem: Pixabay | chrisbeez.

smokebuddies logo2 Produtora jamaicana de maconha ajuda São Vicente e Granadinas a reviver produção de cannabis

Sobre Smoke Buddies

A Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!