Produtor da Bósnia e Herzegovina começa a cultivar cânhamo industrial orgânico

Rex Medlen Public Domain via Pixabay Produtor da Bósnia e Herzegovina começa a cultivar cânhamo industrial orgânico

Produtor de ervas medicinais e aromáticas da Bósnia e Herzegovina recebe aprovação do governo para produzir cânhamo industrial orgânico e diz que já tem compradores interessados, na Alemanha. Com informações do FenaBiz, traduzidas pela Smoke Buddies

“Acabamos de receber a aprovação do Ministério da Agricultura da República Sérvia [uma das duas entidades políticas em que está dividida a Bósnia e Herzegovina] para começar a cultivar e produzir cânhamo industrial orgânico”, diz Nedeljko Kusturić, proprietário da Prirodni bilja (traduzida literalmente como Ervas Naturais), na região de Banja Luka.

“Esta é uma ótima notícia, porque já encontramos um comprador para o nosso produto, da Alemanha, mais precisamente de Frankfurt. O cânhamo industrial é uma nova cultura para nós e para a Bósnia e Herzegovina em geral, por isso estou muito animado com o fato de tudo isso estar acontecendo“, enfatiza Nedeljko.

site sb Produtor da Bósnia e Herzegovina começa a cultivar cânhamo industrial orgânico

Leia também: Governo do Zimbábue oferece aos produtores de maconha 100% de propriedade agrícola

A empresa foi fundada em 1996. Em 80 hectares de terra, atualmente produz mais de 150 toneladas de ervas medicinais e aromáticas, principalmente camomila, hortelã, manjericão, calêndula e erva-cidreira.

“Temos pouco mais de 34 hectares de nossa própria terra, mas cooperamos com 120 agricultores que cultivam 46 hectares adicionais e colhem plantas silvestres“, explica Nedeljko, acrescentando que a empresa fornece sementes e material de plantio, embalagem e apoio profissional a todos os agricultores e coletores. “Também compramos todos os seus produtos e fico feliz em dizer que existem 72 mulheres entre os agricultores com quem trabalhamos”.

Para apoiar o desenvolvimento de plantas naturais, em 2010 o governo da Suécia e a USAID auxiliaram a empresa na compra de tratores com equipamentos, secadores e trituradores para plantas. No final de 2019, o projeto Suécia / USAID FARMA II apoiou a Prirodni bilja na aquisição de uma máquina especializada para separar folhas de caules.

“A principal razão pela qual estamos trabalhando para expandir nossa capacidade de processamento de plantas é criar oportunidades para o crescimento da produção e, assim, empregar agricultores adicionais. O último investimento do projeto FARMA II nos permitiu aumentar de 100 para 120 o número de agricultores com quem trabalhamos. Desta vez, focamos nos agricultores de áreas rurais subdesenvolvidas em municípios como Bihać, Tešanj, Teslić, Drinić e Bosanski Petrovac”, diz Nedeljko .

Com mais seis trabalhadores em tempo integral, três mulheres e três homens, todos com menos de 35 anos, e numerosos trabalhadores sazonais, Nedeljko espera continuar aumentando o número de agricultores com quem trabalha. Ele quer que esse primeiro projeto de plantação industrial de cânhamo seja uma introdução à produção organizada dessa cultura na Bósnia e Herzegovina e que a produção e exportação de cânhamo industrial aumente significativamente no futuro.

Mais de 200 produtos são produzidos no mundo a partir de cânhamo industrial. A semente de cânhamo é usada na indústria de alimentos e é cada vez mais usada na construção civil, onde é usada como material isolante natural. Briquetes também são produzidos a partir do caule, que são usados como fonte de energia em usinas de aquecimento ecológico e que possuem um valor energético mais alto que a madeira de faia”, explica Nedeljko.

“Esperamos que institutos agrícolas e ministérios estejam envolvidos nesta história, para que o desenvolvimento dessa produção seja acompanhado por apoio profissional e legislação positiva que seja harmonizada com soluções legais na União Europeia”, conclui.

Leia também:

Cobertura de seguro aumenta mercado de cannabis medicinal na República Tcheca

#PraCegoVer: fotografia em destaque cobre toda a imagem com a folhagem, em verde claro, de uma planta de cannabis. Foto: Pixabay.

Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!