Prazo para liberação de canabidiol pela Anvisa não para de aumentar

anvisa facilita derivado da maconha smoke buddies Prazo para liberação de canabidiol pela Anvisa não para de aumentar

O prazo para a liberação do canabidiol pela Anvisa vem aumentando desde que o diretor indicado por Jair Bolsonaro, Antônio Torres, passou a cuidar das importações. Com informações do Lauro Jardim

Usuários de medicamentos à base de canabidiol estão pra lá de descontentes com a Anvisa. O prazo para liberação desse tipo de produto, que geralmente é importado dos EUA, era de 45 dias, mas não para de aumentar.

Há um mês era de 70 dias. Hoje, 75 dias.

Esse prazo começou a aumentar assim que Antonio Torres — o indicado de Jair Bolsonaro para presidir a agência ainda este mês — se tornou diretor e passou a cuidar das importações que chegam por portos e aeroportos.

Burocracia

Após a implementação do novo formulário de importação do canabidiol, lançado no início de outubro, quem precisa do medicamento tem enfrentado sérios problemas. Apesar da promessa de desburocratização, o prazo dado pela Anvisa para liberar o produto subiu de 45 dias para 70 dias, em dezembro.

Leia também:

Qual o caminho mais eficiente para a cannabis medicinal com as novas regras da Anvisa? Pergunte ao Doutor!

#PraCegoVer: em destaque, fotografia de uma seringa de canabidiol com o texto “21% CBD-RSHO Blue” em azul sobre fundo branco em seu rótulo, sendo segurada por uma mão que também segura um êmbolo entre os dedos e outra mão que segura sua base. Foto: Anvisa.

Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!