Portugal: turistas são enganados com haxixe e cocaína falsos

maconha haxixe por louro em portugal Portugal: turistas são enganados com haxixe e cocaína falsos

Sussurrando “Haxixe? Cocaína?”, os vendedores de rua estão oferecendo, no centro de Lisboa, aos turistas desavisados “drogas” que, segundo a polícia, são frequentemente folhas de louro, farinha e paracetamol moído. É o que denuncia a Agência Reuters em artigo que conta como há quem seja enganado pelos comerciantes de drogas falsas em Portugal

Pode ser que os residentes no centro de Lisboa já tenham ciência que quem quiser comprar drogas pela baixo lisboleta corre o risco de levar folhas de louro, farinha ou paracetamol. Contudo os turistas ainda não, mas agora o assunto ganha visibilidade internacional ao ser abordado pela Reuters.

Os moradores do bairro histórico de Santa Maria Maior, em Lisboa, dizem que o fenômeno das drogas falsas está piorando, preocupando a polícia e os empresários que temem que os turistas possam se afastar do movimentado centro da capital portuguesa.

“Todos em meus passeios são questionados se querem drogas”, diz Maarten, um guia turístico Belga. “Alguns apenas riem, mas outros não gostam nada disso”.

Segundo o artigo, Portugal, que há muito é popular por suas praias, locais históricos e campos de golfe, tornou-se dependente do turismo nos últimos anos, desde que o governo e as empresas procuraram impulsionar o crescimento econômico, após a crise de 2011 a 2014.

Os números preliminares divulgados no final do ano passado mostraram que Portugal recebeu um recorde de 26 milhões de turistas em 2019, com cerca de um terço visitando Lisboa. Dados do Conselho Mundial de Viagens e Turismo mostraram que as viagens e turismo contribuíram para o PIB de Portugal atingir 19,1% em 2018.

Leia – Portugal: um ano após legalização, milhares de pacientes ainda não têm acesso à cannabis

A Reuters recorda que, as drogas não são um problema para o país, que descriminalizou a posse e o consumo de uma quantidade limitada de drogas em 2001, após décadas de altos índices de dependência de heroína.

Mas enquanto a comercialização de drogas ainda é ilegal, vender folhas de louro ou farinha não é. Na melhor das hipóteses, é uma violação às leis de licenciamento de ruas.

Para Bruno Pereira, comissário da polícia do departamento de investigação criminal de Lisboa, é necessária uma nova legislação para resolver o problema, que requer “atenção contínua”.

“Os turistas desconhecem esse fenômeno e são enganados”, disse Pereira à Reuters. A polícia diz que os vendedores lucram muito ao mostrar aos potenciais compradores uma amostra real de drogas para cheirar ou provar e, uma vez pago, entregam aos turistas um substituto falso.

“Os turistas reclamam toda semana que foram roubados do lado de fora do nosso bar”, conta um barman na rua principal. Os empresários locais, como Maarten, preferem o anonimato em caso de reação dos revendedores.

Às vezes, os turistas entram nos bares dizendo que estão se escondendo dos vendedores, conta o proprietário de um bar. A polícia disse que, de vez em quando, os vendedores ficam agressivos se um potencial comprador não se interessa.

A polícia portuguesa lançou uma série de pôsteres em 2016, que ainda estão em exibição com slogans explícitos: “Nesta zona vende-se louro prensado como se fosse haxixe. Precisa de tempero? Há louro mais barato na mercearia”, diz as peças, ilustradas com um potinho contendo folhas de louro, como já mostrou o Blog Ora Pois da Folha de S.Paulo.

Leia também:

Weed-friendly: dez destinos para curtir uma viagem nos EUA

#PraCegoVer: em destaque, fotografia batida na rua Augusta, em Lisboa, onde pode-se ver um dos pôsteres da polícia portuguesa com a mensagem “Aviso / Warning | Venda de louro fazendo-o passar por droga / Bay leaves sell pretending to be drug”. Foto: Ora Pois.

lazy placeholder Portugal: turistas são enganados com haxixe e cocaína falsos

Sobre Smoke Buddies

A Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!

Deixe seu comentário