As perspectivas para a fibra de cânhamo nos EUA

fibra canhamo As perspectivas para a fibra de cânhamo nos EUA

Três anos após a legalização do cânhamo nos Estados Unidos, a miríade de usos finais das fibras da planta está estimulando a infraestrutura de processamento regional e o capital de investimento. Saiba mais com as informações do Hemp Grower, traduzidas pela Smoke Buddies

Seria seguro designar 2021 como o ano de desenvolvimento da fibra de cânhamo na América do Norte. Embora a fibra tenha sido o desenvolvimento mais lento do setor de cânhamo durante os anos após a aprovação do Ato de Melhoria da Agricultura (Lei Agrícola) de 2018, de acordo com a New Frontier Data, a infraestrutura de processamento regional e o capital de investimento foram estimulados pelos inúmeros usos finais das fibras provenientes do caule da planta de cânhamo industrial. A New Frontier Data projeta que o mercado de fibra de cânhamo dos EUA cresça a uma taxa de crescimento anual composta (CAGR) de 10,5% nos próximos cinco anos para chegar a US$ 77,7 milhões (R$ 435,8 milhões) em 2025.

Quando a produção de cânhamo industrial se tornou totalmente legal em 2018, muitos processadores de sementes oleaginosas dos EUA tinham equipamentos que podiam lidar facilmente com grãos de cânhamo de qualidade alimentar. O equipamento de fibra de cânhamo não foi instalado da mesma forma. Nos EUA a pioneira no processamento de fibras foi a Sunstrand, em Kentucky, que finalmente entrou com pedido de falência em 2019.

gravital sb As perspectivas para a fibra de cânhamo nos EUA

Leia também: Empresas fazem pacto para impressão 3D de moradias baseadas em cânhamo

Nos últimos 12 meses, um punhado de processadores de fibra regionais desbravou o terreno, incluindo South Bend Industrial Hemp no Kansas, IND Hemp em Montana, BioPhil Natural Fibers na Pensilvânia e Formation Ag no Colorado.

Durante o verão, os observadores da indústria começaram a ver áreas plantadas para a produção de fibra de cânhamo, particularmente para pesquisa e desenvolvimento agronômico e criação de matéria-prima para estudar técnicas de separação de “hurd” (núcleo do caule). Embora tais desenvolvimentos apresentem novas oportunidades para os agricultores locais dentro de cerca de 100 milhas (160 km) dos processadores regionais (em qualquer lugar além disso seria muito caro para transportar), os mercados para produtos de fibra à base de cânhamo tendem a se desenvolver gradativamente, tanto quanto a capacidade e qualidade da cadeia de abastecimento aumenta lentamente.

A primeira onda de produtos de fibra de cânhamo é baseada em hurd (por exemplo, cama para animais e absorventes), pois eles têm os requisitos de processamento mais simples. À medida que as técnicas de produção e o processamento avançam, tanto a qualidade quanto a amplitude dos tipos de material aumentam. A segunda onda, que está em seus estágios iniciais, apresentará produtos que requerem maior escala ou qualidade superior para serem produzidos (por exemplo, materiais de construção, aglomerado, isolamento de celulose, piso, substitutos de fibra de vidro e isolamento não tecido).

À medida que a cadeia de suprimentos da fibra de cânhamo dos EUA amadurece, ela será capaz de fornecer uma ampla gama de produtos de celulose (um componente das paredes das células vegetais), têxteis industriais e de consumo, componentes automotivos e outros produtos a preços competitivos em comparação com fibras sintéticas ou outras fibras naturais. A paridade de preços pode ser realista na próxima década, especialmente se os incentivos de carbono apoiarem a fibra de cânhamo e seus produtos finais. No entanto, a pesquisa sobre a quantidade de carbono que vários produtos de fibra de cânhamo podem capturar levará anos.

Leia mais: Cânhamo pode ser a próxima grande novidade em combustível e plástico sustentáveis?

Por enquanto, a maioria dos produtos à base de fibra de cânhamo é comercializada como premium, mas as perspectivas são mais promissoras à medida que os preços da madeira serrada continuam subindo. Em resposta a uma temporada de incêndios florestais especialmente prejudicial, os preços da madeira serrada de março de 2020 a março de 2021 aumentaram 188% ano a ano, de acordo com a Random Lengths, uma revista da indústria de produtos de madeira. Neste verão, os incêndios florestais estão aumentando tanto em frequência quanto em magnitude. Combinado com as medidas ambientais propostas para isolar grandes áreas de terras florestadas para exploração madeireira, os aumentos nos preços da madeira serrada não serão temporários e as alternativas de madeira à base de cânhamo continuarão a se aproximar da paridade de preços.

À medida que a infraestrutura de processamento regional se desenvolve, um esforço considerável está sendo feito para promover a seleção da genética da fibra de cânhamo e técnicas agrícolas. Sem processadores estabelecidos prontos para manusear o material, provou-se quase impossível desenvolver especificações de material, padrões de cultura e procedimentos operacionais padrão (POPs) para plantar, colher, macerar ou enfardar biomassa de fibra de cânhamo (ou seja, caules das plantas).

Em 2021, os processadores de fibra dos EUA fizeram parceria com os agricultores para testar uma série de diferentes variedades de fibra de cânhamo, visando rendimentos de safra ideais e qualidade da matéria-prima. Embora os produtores tenham experimentado uma abundância de variedades de cânhamo europeias e canadenses nos EUA, essa genética teve um desempenho ruim, de acordo com a Universidade Texas A&M, principalmente devido ao florescimento prematuro (resultando em plantas mais curtas) quando plantado em latitudes do sul (por exemplo, Carolina do Norte e Texas), onde tem havido um grande interesse no setor de fibras de cânhamo.

Oportunistas de fibra foram forçados a olhar para além da Europa em busca de variedades de cânhamo industrial cultiváveis em latitudes mais ao sul. No verão passado, muitos produtores de cânhamo dos EUA plantaram variedades de fibras de cânhamo asiáticas e australianas, que pareciam muito mais adequadas para o sul dos EUA, chegando a atingir alturas históricas de plantas. Como visto em testes em universidades em todo o país, no entanto, as variedades asiáticas e australianas não estão florescendo. A discrepância cria incerteza sobre como propagar as variedades para o plantio de sementes.

Veja também: Isolamento de fibra de cânhamo é alternativa ecológica na construção civil

Embora as variedades de fibras de cânhamo asiáticas e australianas representem, sem dúvida, histórias de sucesso no que diz respeito à identificação de genética de cânhamo adequada para crescer no sul dos Estados Unidos, tanto o fornecimento instável de sementes quanto o desafio de colher uma safra semelhante a uma floresta de bambu permanecem como barreiras ao cultivo. Nos últimos anos, muitos contos de advertência foram contados sobre como o equipamento de um agricultor americano de plantações em linha se saiu ao colher o cânhamo industrial.

Mesmo durante a colheita de uma safra de cânhamo para grãos, existe a questão do acondicionamento. Embora uma colheitadeira usada para trigo ou milho possa passar por um campo de cânhamo para capturar sementes, surgem complicações quando os talos se enrolam em seu maquinário interno. A alta resistência à tração das fibras da planta pode fazer com que uma colheitadeira superaqueça e falhe. Houve registros de colheitadeiras pegando fogo na América do Norte, resultando em reparos muito caros ou perda total.

Embora colheitadeiras específicas para cânhamo estejam disponíveis, é improvável que um agricultor americano sem uma cadeia de abastecimento seja incentivado a investir em equipamento especializado. Em comparação com os canabinoides e os grãos, a fibra (especialmente o hurd a US$ 0,75 por libra) obtém a margem mais baixa. As escolhas estão levando muitos agricultores a um cultivo de dupla finalidade, ou seja, optando por cultivar variedades que cresçam o suficiente para serem enfardadas para hurd depois de colhidas para os grãos.

Além disso, o preço médio de um fardo de cânhamo é de US$ 150, com rendimentos variando de apenas 1 tonelada por acre até talvez 10 toneladas por acre, de acordo com a New Frontier Data. Consequentemente, o ROI (retorno sobre investimento) de um fazendeiro por ter como alvo uma safra de fibra de cânhamo de uso único é, na melhor das hipóteses, instável. Como mencionado, com o processamento atingindo o desenvolvimento apenas agora, os preços mais baixos dos materiais ocorrem devido às aplicações de menor valor que chegam primeiro ao mercado. Mais lucros virão quando os processadores de fibra de cânhamo atingirem a capacidade de decorticar as fibras longas do caule do cânhamo. Essas fibras têm alto teor de celulose, baixo teor de lignina e são utilizadas na tecelagem e fiação de tecidos para a indústria têxtil.

Saiba mais: Vicunha lança jeans feito com cânhamo

O capital para equipamentos de colheita específicos para o cânhamo poderia vir de um modelo de cooperativa de agricultores ou processadores regionais contratando a produção dentro de um raio geográfico limitado. Atualmente, a maioria dos operadores ainda está levantando fundos para construir suas instalações de processamento, garantir insumos como sementes ou financiar contratos futuros; seu desembolso de fundos adicionais para equipamentos de colheita pode ser uma reflexão posterior. Apesar do alto potencial de crescimento nos próximos anos, os mercados finais de fibra permanecem incertos, já que várias aplicações finais diferentes buscam aceitação no mercado.

Quais categorias de produtos de fibra de cânhamo encontrarão seu lugar no mercado primeiro? Uma métrica a ser observada é a paridade de preços. A adoção generalizada de fibra de cânhamo é improvável até que haja paridade de preços entre os produtos de fibra de cânhamo e produtos comparáveis ​​feitos de materiais menos sustentáveis, embora mais baratos. Outra métrica a ser rastreada é como os créditos de carbono para fibra de cânhamo podem ajudar a alcançar a paridade de preços e interromper várias indústrias. No curto prazo, as alternativas de madeira e plástico parecem ser as categorias mais bem posicionadas para a ampla adoção e rápido crescimento do cânhamo.

Leia também:

HempWood: madeira de cânhamo é opção sustentável com inúmeros benefícios

#PraTodosVerem: foto mostra parte de um feixe de varas lenhosas de cânhamo amarradas com fibras secas da planta, sobre uma superfície branca lisa. Imagem: タバコはマーダー / Wikimedia Commons.

smokebuddies logo2 As perspectivas para a fibra de cânhamo nos EUA

Sobre Smoke Buddies

A Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!