“Paçoquinha” de maconha gera perseguição, dano e registro policial

pacoquinha Paçoquinha de maconha gera perseguição, dano e registro policial

Reportagem sobre perseguição policial que apreende cinco baseados chama a atenção pela excelente crítica à guerra às drogas. Saiba mais no texto do historiador e ativista Henrique Oliveira*

Essa matéria deveria ser referência para o jornalismo. O jornal A Crítica de Campo Grande, do Mato Grosso do Sul, narra uma perseguição policial ocorrida na sexta-feira (26), a um jovem de 18 anos, que não atendeu ao pedido de parada da polícia e fugiu de bicicleta.

A matéria destaca que num determinado momento da fuga o jovem largou a bicicleta na rua e entrou num bar, a viatura então passou por cima da bicicleta e acabou ficando arranhada. Antes de ser detido, o jovem dispensou uma quantidade de maconha compatível com cinco baseados, que totalizou 27 gramas e, segundo o jornal, era equivalente a uma paçoquinha de amendoim.

lazy placeholder Paçoquinha de maconha gera perseguição, dano e registro policial

O jornal também deu ênfase para o fato de que tudo isso começou às 18h e o registro na delegacia foi feito às 20h48, demonstrando o quanto de tempo foi gasto para apreender uma “paçoquinha de maconha”. Uma sensacional crítica à política de guerra às drogas!

*Henrique Oliveira é historiador e militante antirracista contra a proibição das drogas.

Leia também:

O proibicionismo normalizou matar um adolescente e demonizou o uso de drogas

#PraCegoVer: fotografia (de capa) em visão diagonal que mostra uma paçoquinha tipo rolha deitada sobre uma superfície branca e próxima a outra em pé.

Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!