Nos EUA, 66% dos cidadãos apoiam a legalização da maconha desde o ano passado

cultivo mudas isiah Nos EUA, 66% dos cidadãos apoiam a legalização da maconha desde o ano passado

Mesmo tendo se estabilizado no momento, o apoio permanece solidamente acima do nível majoritário e criou um ambiente de opinião pública propício para que mais estados adotem políticas pró-maconha. As informações são da Gallup

O apoio dos estadunidenses à legalização da maconha se manteve estável em 66% no ano passado, depois de aumentar 30 pontos percentuais entre 2005 e 2018.

Os resultados mais recentes são baseados na pesquisa anual sobre crimes da Gallup, realizada de 1 a 13 de outubro. Não apenas 66% eram a favor da legalização da maconha nas pesquisas de 2018 e 2019, mas o mesmo nível de apoio foi encontrado em uma pesquisa da Gallup, realizada em maio.

Leia mais: Apoio à legalização da cannabis atinge novo patamar nos EUA

A Gallup perguntou pela primeira vez sobre a legalização do uso da maconha em 1969, quando apenas 12% dos estadunidenses eram a favor da proposta. Quase uma década depois, uma pesquisa de 1977 constatou que o apoio havia aumentado para 28%, mas se manteve nesse nível até 1995, ultrapassando finalmente 30% na próxima medição da Gallup, em 2000. Desde então, a porcentagem de estadunidenses que defendem o uso legal de cannabis mais que dobrou, com o apoio aumentando significativamente entre todos os principais subgrupos.

À medida que a opinião pública se torna cada vez mais pró-maconha, o mesmo ocorre com as políticas estaduais. Em junho, 11 estados mais o Distrito de Colúmbia legalizaram o uso recreativo da maconha. Vinte e dois outros estados permitem o uso de maconha para fins medicinais.

Política, Idade, Raça e Religiosidade: Fatores Chave na Visão da Maconha

A maioria dos principais subgrupos agora favorece a maconha legal, de acordo com uma análise das opiniões de mais de 3.500 adultos que responderam à pergunta nas três pesquisas da Gallup de 2018 e 2019.

Essencialmente, não existem diferenças significativas no apoio à cannabis legal por gênero, educação, renda, região e residência urbana/suburbana/rural – entre 60% e 70% dos membros do subgrupo dentro dessas categorias favorecem a legalização. As opiniões variam significativamente de acordo com partidarismo e ideologia, idade e geração, raça e religiosidade.

Partidarismo e Ideologia

Os estadunidenses à esquerda do espectro político são mais propensos do que os da direita a favorecer a maconha legal. No entanto, as diferenças são maiores pela ideologia política do que pelo partidarismo.

Vinte e cinco pontos separam os democratas (76%) e republicanos (51%) no apoio à legalização da maconha, com os independentes (68%) próximos da média nacional.

Por outro lado, 82% dos liberais contra 48% dos conservadores querem ver a maconha legalizada, uma diferença de 34 pontos. Os conservadores são um dos poucos subgrupos principais que expressam apoio abaixo da maioria para legalizar a maconha. As opiniões dos moderados (72%) estão mais próximas das dos liberais do que dos conservadores.

Idade e Geração

De um modo geral, os adultos mais jovens são muito mais propensos do que os adultos mais velhos a favorecer a legalização da maconha. Isso inclui 81% dos adultos com menos de 30 anos e 80% do subgrupo de geração milenar, composto por nascidos entre 1980 e 2000.

Em contraste com menos da metade dos idosos (49%) sendo a favor da descriminalização da maconha, e a porcentagem é ainda mais baixa – 40% – entre os adultos nascidos em 1945 ou antes.

Os baby boomers e os membros da geração X estão próximos da média nacional em termos de querer que a maconha seja legalizada, em 61% e 63%, respectivamente.

Raça e etnia

A maioria dos principais subgrupos raciais e étnicos dos EUA endossa a legalização da maconha, mas os negros são mais propensos a manter essa visão do que os brancos, enquanto os hispânicos mostram ainda menos apoio.

Religiosidade

Os estadunidenses que frequentam serviços religiosos semanalmente estão entre os subgrupos com menor probabilidade de dizer que a maconha deve ser legalizada, com apenas 42% a favor. Isso se compara a mais de três quartos daqueles que raramente ou nunca frequentam a igreja (77%) e 63% daqueles que frequentam ocasionalmente.

Implicações

Os estadunidenses mudaram rapidamente para apoiar a maconha legal na última década, depois de expressar consistentemente a oposição por 40 anos. Parece que os aumentos no apoio foram interrompidos por enquanto, sem mudança na porcentagem que favoreceu a legalização no ano passado. No entanto, dadas as diferenças geracionais no apoio à legalização do uso da maconha, é provável que a porcentagem de pessoas que apoiam o uso legal da maconha continue a se expandir nos próximos anos.

Mesmo que o apoio tenha se estabilizado no momento, ele permanece solidamente acima do nível majoritário e criou um ambiente de opinião pública que é propício para que mais estados adotem políticas pró-maconha. Embora a maioria dos estados agora permita o uso de maconha para fins médicos, se não recreativos, a droga permanece ilegal de acordo com a lei federal.

Os candidatos democratas à presidência geralmente favorecem a legalização da maconha de alguma forma, de acordo com as opiniões daqueles da esquerda política. Joe Biden ainda não adotou a legalização, mas apoia sua descriminalização e deixa a questão da legalidade para os estados. A preferência do presidente Donald Trump por leis federais não é clara, mas ele é favorável a permitir que os estados estabeleçam suas próprias políticas de maconha. Embora pareça improvável que Trump mude a lei federal para legalizar ou descriminalizar a maconha durante sua presidência, talvez não demore muito para que um futuro presidente o faça.

Tradução: Joel Rodrigues | Smoke Buddies.

Leia também:

Legalização da maconha registra apoio recorde nos EUA

#PraCegoVer: fotografia (de capa) frontal e em plano fechado que mostra pequenas mudas de cannabis plantadas em vasos pretos e identificadas com palitos de sorvete, e iluminadas pela luz solar vinda de cima que, por sua vez, cria um efeito de tom amarelado na foto. Foto: Isiah Flores | Flickr.

lazy placeholder Nos EUA, 66% dos cidadãos apoiam a legalização da maconha desde o ano passado

Sobre Smoke Buddies

A Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!