Negócios de maconha do Oregon (EUA) enfrentam ameaças de incêndios devastadores

incendio oregon Negócios de maconha do Oregon (EUA) enfrentam ameaças de incêndios devastadores

Em todo o estado, estima-se que 20% das mais de 400 empresas de maconha licenciadas enfrenta algum nível de evacuação por conta dos incêndios. As informações são do The Oregonian

Os incêndios florestais do sul do Oregon nesta semana atingiram pequenas cidades, destruíram centenas de casas e negócios e agora ameaçam parte da premiada — e lucrativa — plantação de cannabis ao ar livre do estado.

Em todo o estado, estima-se que 20% das empresas de maconha licenciadas pelo estado — cerca de 408 — enfrentam algum nível de evacuação, disse a Comissão de Controle de Licores do Oregon na quarta-feira. Isso inclui lojas, processadores de maconha e produtores.

site sb Negócios de maconha do Oregon (EUA) enfrentam ameaças de incêndios devastadores

Destes, a agência disse que 73 produtores de maconha, a maioria deles fazendas ao ar livre, foram obrigados a evacuar.

Muitas dessas operações estão no sul do Oregon, uma região que é sinônimo de cultivo de cannabis ao ar livre. Além disso, as autoridades estaduais disseram que um número “significativo” de negócios de maconha no condado de Clackamas também está sob a ameaça de incêndios florestais.

No início da quarta-feira, incêndios florestais invadiram Takilma no condado de Josephine, levando a uma ordem de evacuação do enclave de contracultura há muito associado à cannabis. A pequena comunidade remota em Illinois Valley é um “celeiro” da produção de cannabis, disse Nathan Howard, que com seu irmão, Aaron, opera a Cultivares East Fork.

Os condados de Josephine e Jackson são o lar de 62% dos produtores de maconha ao ar livre do Oregon, de acordo com a Comissão de Controle de Licores do estado.

Leia mais – Oregon (EUA) bate recorde em vendas mensais de cannabis: US$ 100 milhões

Howard disse que seu irmão foi acordado por um vizinho na manhã de quarta-feira, que o incentivou a sair de lá.

“É difícil”, disse Nathan Howard. “Estou focando em nós, mas também quero estar atento às pessoas que perderam tudo”.

Howard disse que seu irmão deixou o local com sua família.

“Se os incêndios engolirem uma grande parte do vale, se não todo, com base no que vimos, isso vai afetar muitos produtores de cannabis de várias gerações e a infraestrutura”, disse Howard.

Rhea Miller, que opera a Millerville Farm, uma fazenda licenciada de cânhamo e cannabis em Takilma, disse que ela e seu marido Matthew ficaram para trás na quarta-feira para proteger suas terras. Ela disse que ambos são guerreiros independentes das terras selvagens.

“Temos equipamentos, caminhões-pipa, estamos arando linhas de fogo e protegendo nossas terras”, disse ela.

Os incêndios transformaram a região tipicamente exuberante em “uma zona de guerra”, disse ela.

“Tem nevado cinzas, assim como neve”, disse ela.

Ela pode ver o fogo queimando à distância. Ela disse que ela e o marido estão avaliando momento a momento se é seguro permanecer.

Miller disse que está preocupada em perder suas safras de cannabis recreativa (para uso adulto) e cânhamo.

“Eu tento ficar otimista em todas as situações, mas definitivamente não sei o que pensar no momento.”

Leia também:

Empregos de cannabis nos EUA podem subir até 295.000 em 2020, segundo estimativa

#PraCegoVer: em destaque, fotografia de uma extensa área de floresta em chamas, que contrastam com a parte inferior do quadro, escura, e revelam montanhas ao fundo. Foto: Piper Brinson.

smokebuddies logo2 Negócios de maconha do Oregon (EUA) enfrentam ameaças de incêndios devastadores

Sobre Smoke Buddies

A Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!