Mulher com câncer de mama anula efeitos colaterais da quimioterapia com canabidiol

conta gotas frasco folha Mulher com câncer de mama anula efeitos colaterais da quimioterapia com canabidiol

Pacientes com câncer que passam por quimioterapia podem obter alívio dos efeitos colaterais com a cannabis medicinal. Saiba mais na reportagem de Valéria França para a Folha

Muitas vezes as drogas usadas para combater disfunções do organismo desequilibram o corpo todo, levando o paciente a contrair outros distúrbios, difíceis de lidar. Tão difíceis que o doente não sabe o que é pior, a doença ou os efeitos do tratamento. Quando a geóloga paulistana Marta Deucher soube que enfrentaria a quimioterapia para combater um câncer de 3 centímetros na mama, ela ficou desesperada.

“Eu pirei”, diz a geóloga. Insônia, falta de apetite, náuseas, vômito, perda do viço da pele e queda dos cabelos eram alguns dos efeitos colaterais que passavam pela cabeça dela. “Fiquei aterrorizada. A espera pelo tratamento foi o meu maior sofrimento”.

Leia: Maconha pode ajudar várias condições em pacientes com câncer, diz estudo brasileiro

O irmão dela, médico ortomolecular, sugeriu que o tratamento complementar com Cannabis medicinal. “Eu tive zero de efeito colateral. Foi incrível. O CBD não reduziu os sintomas. No meu caso, ele zerou”. Como o efeito da maconha medicinal varia de acordo com o indivíduo, nem todos conseguem resultados tão bons assim.

Os cuidados paralelos com a saúde da geóloga foram além do óleo extraído da maconha medicinal. Ela tomou coquetéis de vitaminas, prescritos pelo irmão, continuou fazendo exercícios e se alimentando com comida fresca e saudável. Ainda tomou vacina para o câncer de mama. Durante um ano de tratamento, conseguiu levar uma vida quase normal — se não fosse a queda de energia e fôlego para atividades rotineiras e exercícios mais pesados.

Na entrevista que concedeu ao Cannabis Inc na sala de visita do apartamento onde mora, ela chegou a dizer que foi uma “boa experiência”. Assista ao vídeo aqui. Deucher vai ajudar a você entender porque os hospitais americanos, relatados no artigo da Time, que comentei nesta segunda (27), investem em centros de saúde integral, onde dão apoio psicológico, ensinam meditação e fornecem terapias chamadas complementares — entre elas o tratamento com o canabidiol.

Leia também:

“Trato um câncer e fumo maconha pra amenizar os efeitos da quimio”, relata jornalista

#PraCegoVer: em destaque, fotografia em plano fechado que mostra um frasco de cor âmbar-escuro, junto a um conta-gotas com tampa alaranjada e tetina preta e contendo substância amarelada translúcida, sobre uma folha de maconha e uma superfície de madeira. Foto: Pixabay.

lazy placeholder Mulher com câncer de mama anula efeitos colaterais da quimioterapia com canabidiol

Sobre Smoke Buddies

A Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!