Novos modelos de negócios propõem inovar o mercado canábico

THCLUB Site Novos modelos de negócios propõem inovar o mercado canábico

Com um modelo moderno e atento às necessidades do setor, o clube de assinaturas The Headshop Club é um exemplo de inovação e versatilidade no mercado canábico

Pensa comigo: a melhor coisa do mundo é trabalhar com o que se ama, certo? Então, nada melhor montar um negócio no meio canábico. Ainda mais agora, quando diversos negócios surgem nessa área e a legalização nos EUA começa a dar um peso maior aos diversos movimentos antiproibicionistas pelo mundo.

Certo, ainda não é possível abrir um coffeeshop para vender canábis no Brasil. Porém, precedentes para o cultivo medicinal foram obtidos, e itens de cultivo e acessórios de lifestyle e moda canábica estão em alta.

site sb Novos modelos de negócios propõem inovar o mercado canábico

No Brasil, existem vários exemplos de negócios relacionados à canábis, uns old school e outros que se tornaram mais populares recentemente. Afinal, são mais de dois milhões de maconheiros espalhados pelo Brasil, sem contar os que preferem não se declarar como tal. Logo, trabalhar no meio canábico se torna cada vez mais atrativo. Por esses e outros motivos, surgiram diversos ramos, como por exemplo:

• Empreender ou trabalhar em headshops e growshops;
• Soprar vidro para criação de piteiras, bongs e pipes;
• Comercializar produtos à base de cânhamo, como camisetas, mochilas, entre outros;
• Produção de acessórios, como dichavadores, slicks, cuias;
• Desenvolvimento de itens para cultivo, como fertilizantes, medidores, grows;
• Comunicação relacionada ao mundo canábico;
• Organização de eventos.

Um exemplo é o clube de assinatura The Headshop Club. Criado em maio de 2020, o THClub (ou THC) surgiu da ideia de 4 amigos: Daniel Ventura, Felipe Yamada, Lucas Di Pompo e Artur Freitas que, por coincidência, compartilham de dois universos: engenharia e ganja. Lucas (24), engenheiro químico, e Artur (31), engenheiro mecânico, possuem experiência no mercado de assinaturas pela criação do clube de narguile Ummahookah, com quase 10 mil boxes já enviados. Felipe (24), também engenheiro químico, e Daniel (27), engenheiro ambiental, agregaram com o conhecimento no mercado da cannabis. A união de uma amizade de 18 anos, de um hobby e de uma necessidade resultou no nascimento do THClub.

A situação da necessidade é a seguinte: chegar em casa após um dia de trabalho só pensando em relaxar. Aí, descobrir que não tem seda! Desesperador né?! Quem nunca?

Logo então, aquela resenha começa: “Já pensou se todo mês chegasse em casa um kit com tudo que a gente precisa pro mês?”, “Nossa, ia facilitar a vida demais!”. E no sentimento empreendedor, os jovens pensaram: Quantos não passam pela mesma situação de esquecer de comprar as coisas da sesh? Depois de muitas brisas sobre essa ideia, surgiu a ideia do clube de assinatura canábico.

 

O que é o THClub?

Um clube de assinatura é um serviço onde se paga mensalmente para receber um produto físico ou ter acesso a determinados produtos digitais. Spotify, Smart Fit, Wine, Clubeer são exemplos de serviços por assinatura.

O clube de assinatura canábico THClub é tipo a Netflix. Só que, ao invés de ser um serviço digital, o assinante recebe, via transportadora, todo mês, um kit com sedas, piteiras, blunts e mimos.

 

Decididos sobre o clube de assinatura The Headshop Club, a primeira coisa foi criar um mascote que representasse os quatro, daí surgiu o querido Leopoldo.

coala Novos modelos de negócios propõem inovar o mercado canábico

O coala chapado representa muito bem a galera da canábis. Logo, nada mais justo ele ser a cara da empresa.

“É muito importante que os assinantes se identifiquem com a nossa identidade visual. Queremos que eles nos vejam como um brother, não como um contratado”, fala Daniel.

Do mascote, a identidade visual surgiu e um site de primeira com toda a segurança necessária foi criado. Para completar o time THC, chegou o João Paulo Campos, trazendo toda sua vivência no mercado de e-commerce. A família THClub começa a tomar forma.

O primeiro desafio vem logo de cara: pandemia. Mas a vontade de empreender superou esse primeiro desafio com louvor. Além disso, maconheiro não deixa de fumar, né, e o fato de ser um negócio online foi essencial para o sucesso da empresa. O THClub conseguiu atender à necessidade de uma quantidade gigantesca de novos usuários da internet, sem poder sair de casa, procurando os produtos básicos pra garantir a sesh.

Através de uma logística de primeira, atendendo o Brasil com fretes realmente acessíveis, salvaram a galera que mora longe dos grandes centros e não tem fácil acesso aos produtos de qualidade.

“Apesar de sermos novos, não é nosso primeiro negócio. Quando criamos o The Headshop Club, utilizamos do nosso know how adquirido nos últimos 3 anos e aplicamos da melhor forma possível para desde o começo entregar a melhor experiência para o assinante”, diz Lucas.

Logo, os caras completaram o primeiro ano de vida estourando. Lançaram também nessa caminhada alguns produtos de marca própria, fazendo parcerias com gigantes do mercado, como Bem Bolado, Hippie Bong, Cartel de La Crema e Aloha Lemon, e levando facilidade e comodidade pros canabistas, fazendo muitos assinantes felizes, como os depoimentos a seguir mostram:

Inserir um titulo2 Novos modelos de negócios propõem inovar o mercado canábico Inserir um titulo Novos modelos de negócios propõem inovar o mercado canábico Inserir um titulo1 Novos modelos de negócios propõem inovar o mercado canábico

“Uma coisa que temos buscado ultimamente é cultivar parcerias com outras empresas do meio canábico. Nós acreditamos que é importante prestar um serviço de alta qualidade para o consumidor final, e acreditamos que unindo forças seja o melhor caminho. O mercado é gigantesco e tem espaço para todo mundo. Então, por que não se ajudar? Todo mundo sai ganhando, principalmente o cliente”, diz Artur.

O diferencial do THClub está na experiência proporcionada ao receber o kit em casa. Desde a embalagem até a seleção dos produtos, tudo é pensado na expectativa e experiência do cliente.

“Criamos uma relação muito próxima dos assinantes, sempre tirando dúvidas, atendendo a pedidos gerais e específicos e, muitas vezes, conversando sobre outros assuntos do dia a dia, como profissão, músicas e ‘viagens’ aleatórias”, comenta Felipe.

Nos kits de assinatura, é feita uma curadoria mensal de sedas, piteiras, blunts e alguns brindes, fornecendo todos (ou quase todos, né, rs) os aparatos necessários para a sesh. O assinante também pode escolher um kit bimestral para receber a cada dois meses. Nessa opção, é possível aproveitar melhor os fretes e, para aqueles que não têm um consumo tão grande, ter tempo para usar tudo que veio no box, antes que chegue o próximo.

A missão do THClub, além de oferecer comodidade e acessibilidade, é levar uma experiência diferenciada no recebimento de produtos e mimos de qualidade, para que o consumidor viva uma nova brisa experimentando produtos diferentes todo mês! Além disso, produtos exclusivos são enviados para os assinantes, e que não podem ser adquiridos em nenhum outro lugar.

Esse foi um dos kits enviados em abril de 2021:

Box de Sedas THClub Abril 2021 Novos modelos de negócios propõem inovar o mercado canábico

#PraTodosVerem: fotografia do Kit do mês de abril com produtos de várias empresas do mercado canábico como sedas, piteiras, pilão, balas, adesivos e triturador.

Outro ponto importante é não ter fidelidade. Os caras também pensaram na galera que não curte se prender a planos infinitos, como aqueles de celulares. No THClub, você pode cancelar quando quiser, sem custo. Você também pode escolher o kit avulso, como o da collab que eles fizeram com a Bem Bolado, abaixo. Um kit avulso, livre de assinatura, ou seja, um presente perfeito para você dar para alguém especial!

thclub box bem bolado Novos modelos de negócios propõem inovar o mercado canábico

#PraTodosVerem: fotografia do Kit em collab com a Bem Bolado e a THClub, com produtos de ambas as empresas do mercado canábico como sedas, piteiras, adesivos, triturador e doces do tipo gelatina de mascar.

Mas, não é só de vendas que vive o THClub. Para todos os integrantes da empresa, a disseminação de conhecimento sobre o mundo canábico é muito importante.

Informação de qualidade tem de ser compartilhada sempre que possível para não nos perdemos em fake news. O THClub possui também um blog informativo que aborda vários temas, como: redução de danos, o uso da canábis medicinal, história da maconha, a legislação da canábis em diferentes países e curiosidades. Esses conteúdos têm o objetivo de conscientizar o público canabista para um uso mais responsável e para entender um pouco mais dessa cultura que fazem parte.

“É fundamental trabalhar com conteúdo de qualidade para podermos informar não só o público que está inserido neste meio, como também quem está fora dele. Assim, podemos quebrar preconceitos, mitos e tabus que estão presentes na sociedade, além de divulgar os benefícios da canábis”, comenta João.

O THClub vem se mostrando uma empresa que se importa com o cenário, a parceria com empresas do ramo, inovações para o mercado e principalmente com seus clientes. Acompanhe as redes sociais do THClub, porque em breve um novo projeto em parceria com grandes marcas do mercado canábico está por vir!

Acesse e confira thclub.com.br@thclub_br.

Este é um conteúdo patrocinado pela The Headshop Club.

#PraTodosVerem: em destaque, fotografia frontal de uma box com a logo da THClub, disposta sobre ela um relógio marcando 4:20 e à sua frente buds de cannabis, um baseado com piteira de vidro e um slick de silicone no formato de um barril. No canto superior direito é possível ver a logomarca da empresa, a cabeça de um coala, e o nome The Headshop Club. Foto ilustrativa | THClub.

Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!