Modelo britânica diz ter dado CBD a seu cachorro pouco antes de ele morrer e causa polêmica

katie price Modelo britânica diz ter dado CBD a seu cachorro pouco antes de ele morrer e causa polêmica

O cachorro morreu após dormir sob uma poltrona elétrica. Criadores que venderam o filhote disseram que os cães não ficam sonolentos com o uso de CBD, pois a substância não possui THC. As informações são da Monet

Katie Price acaba de revelar que foi aconselhada a dar óleo de canabidiol para Rolo, seu filhote de buldogue francês que faleceu em julho. A ex-modelo de 42 anos pode enfrentar uma investigação por ter dado a substância ao cachorro, que foi comprado como um presente de aniversário de 13 anos para sua filha Princess. Rolo adormeceu debaixo de uma poltrona após tomar o óleo de CBD e acabou morrendo sufocado quando a babá da família se sentou na cadeira.

Katie disse ao portal Mirror que não sabia que era ilegal dar a cães a substância [sob os Regulamentos de Medicamentos Veterinários do Reino Unido]. A infração pode acarretar multa e pena máxima de prisão de dois anos. A modelo revelou que um veterinário disse a ela que dar óleo de CBD ao filhote pode tê-lo encorajado a procurar um lugar aconchegante para dormir, como uma cadeira. “Katie tinha sido informada de que o óleo era para cães e era seguro. Que tinha sido aprovado pelo criador. [Agora] Katie unirá forças com a Peta e quaisquer outros grupos que precisem dela para falar”, disse um representante da modelo.

lazy placeholder Modelo britânica diz ter dado CBD a seu cachorro pouco antes de ele morrer e causa polêmica

Leia mais: “Veterinários podem receitar cannabis sem medo”, diz professor da UFSC

Uma fonte próxima a ela acrescentou: “Por pior que pareça, isso vai trazer algum conforto para Katie em entender por que Rolo foi dormir naquele lugar. Ela também se sente decepcionada com um sistema que permite que o óleo de CBD seja comercializado para animais de estimação, apesar de ser ilegal. Katie recebeu críticas, mensagens de ódio, ameaças de morte e bullying sobre o trágico falecimento de Rolo”.

Os criadores de cães que venderam o filhote a Katie disseram à agência de notícias que não tinham ideia de que estavam infringindo a lei e alegaram que os cães não ficam com sono porque a substância não possui THC (tetraidrocanabinol). Eles acrescentaram que disseram a Katie para dar ao filhote uma pequena quantidade e não sabem o quanto ela acabou dando a Rolo.

Katie Price foi criticada por ativistas dos direitos dos animais em julho, depois que o filhotinho morreu sufocado. O buldogue morreu depois de ficar preso em uma poltrona elétrica enquanto a estrela fazia as malas em outra sala.

Leia também:

Cães & Gatos: Cannabis na clínica veterinária em debate

#PraCegoVer: em destaque, fotografia que mostra o rosto de Katie Price junto ao filhote. Imagem: reprodução / Instagram.

Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!