Da culinária ao bem-estar, mercado de cannabis floresce na Tailândia

spa menu tratamento cannabis Da culinária ao bem estar, mercado de cannabis floresce na Tailândia

A descriminalização de algumas partes da cannabis na Tailândia foi o estopim para um aquecimento do mercado, propiciando o aumento do leque de produtos e serviços a um amplo rol de empresas

Enquanto aqui no Brasil políticos retrógrados fazem tudo o que podem para barrar a regulamentação da maconha — deixando milhares de pacientes e a economia do país ao acaso —, na terra dos sorrisos a onda da legalização avança permitindo que empresas de diversos setores, como alimentação e bem-estar, ofereçam produtos e serviços de cannabis.

Um estímulo muito bem-vindo para aquecer a economia no pós-pandemia, o governo da Tailândia descriminalizou no final do ano passado as folhas, galhos, caules, cascas, fibras e raízes da planta de cannabis, removendo-os da lista de narcóticos do governo.

gravital sb Da culinária ao bem estar, mercado de cannabis floresce na Tailândia

A mudança de política ofereceu a uma ampla gama de empresas a oportunidade de ampliar o leque de produtos e serviços, como é o caso do Anantara Spa que acaba de anunciar uma adição feliz ao seu menu de tratamento com o lançamento de tratamentos de spa com infusão de cannabis, segundo informou o portal Travel Daily News.

Leia mais: Empresas tailandesas de bens de consumo entram no mercado de cannabis

O Anantara Spa está aproveitando os compostos restauradores e anti-inflamatórios da maconha e trazendo suas propriedades curativas tradicionais para as práticas de bem-estar modernas, como o serviço “Restful Slumber Journey”, que inclui uma massagem de aromaterapia com infusão de cannabis, tratamento para os pés com infusão de sal de cannabis e uma xícara relaxante de chá com infusão de canabidiol.

A empresa também oferece o “Cannabis Stress-Release Journey”, uma massagem com uma bola de compressa de cannabis, ou luk pra kob como é conhecido na Tailândia há séculos, que desdobra os nós dos músculos tensos. E o”Head to Toe Calming Journey”, que combina uma massagem no couro cabeludo com reflexologia podal para dissipar a tensão e deixar os hóspedes caminhando em nuvens.

O menu de tratamento com infusão de cannabis está disponível na rede Anantara Spas em toda a Tailândia, incluindo o Anantara Siam Bangkok Hotel, o Anantara Riverside Bangkok Resort, o Anantara Chiang Mai Hotel e o Anantara Bophut Koh Samui Resort.

Culinária canábica para quebrar o tabu

Os benefícios da evolução regulatória em andamento na Tailândia também são usufruídos pelos pacientes e visitantes de um hospital na província de Prachin Buri.

O restaurante do Hospital Chao Phya Abhaibhubejhr começou a servir em janeiro refeições com infusão de cannabis, vislumbrando que a culinária canábica possa atrair turistas estrangeiros e eliminar o tabu em torno da planta.

 Da culinária ao bem estar, mercado de cannabis floresce na Tailândia

Um chef prepara um sanduíche de carne de porco com folha de maconha no restaurante do Abhaibhubejhr,. Foto: Jorge Silva / Reuters.

“As folhas de cannabis, quando colocadas na comida ou mesmo em uma pequena quantidade… ajudam o paciente a se recuperar mais rapidamente da doença”, disse Pakakrong Kwankao, o líder do projeto no hospital.

Leia também: Como colocar maconha na alimentação?

O hospital é conhecido como pioneiro na Tailândia no estudo da maconha e sua capacidade de aliviar a dor e a fadiga.

As ofertas do restaurante incluem uma sopa de porco feliz, pão frito coberto com carne de porco e uma folha de maconha e uma salada de folhas de cannabis crocantes servida com carne de porco moída e vegetais picados.

O vice-ministro da Educação tailandês, Kanokwan Vilawan, disse que o próximo passo é oferecer pratos tailandeses famosos para alcançar um público internacional. “Pretendemos adicionar mais (cannabis) aos pratos tailandeses que já são bem conhecidos, como a sopa de curry verde, para aumentar ainda mais a popularidade desses pratos”, disse o membro do governo.

Bebidas terpenadas

O Ichitan Group, maior fabricante de chás prontos para beber da Tailândia, lançou em maio duas bebidas com infusão de terpenos, compostos encontrados em várias plantas e responsáveis por fornecer sabor e aroma, que em combinação com os canabinoides amplificam os efeitos analgésicos da cannabis.

 Da culinária ao bem estar, mercado de cannabis floresce na Tailândia

A Ichitan vende dois sabores de chá com aroma de cannabis por 30 bahts (R$ 5) em lojas 7-Eleven na Tailândia. Foto: Masayuki Yuda.

Um logotipo semelhante à folha da maconha aparece nas garrafas de dois produtos de chá Ichitan: um chá verde com aroma de camomila e terpeno sem açúcar e outro adoçado com aroma de limão e terpeno.

Ambos os sabores foram avaliados a 30 bahts (R$ 5) em uma loja 7-Eleven no centro de Bangkok. A Ichitan estabeleceu uma meta de vendas de 500 milhões de bahts (R$ 84 milhões) para os produtos em seu primeiro ano.

Saiba mais: Miniguia de cervejas artesanais dank, terpenadas e inspiradas na maconha

A Ichitan foi uma das primeiras grandes empresas tailandesas de alimentos e bebidas a identificar o potencial dos produtos de cannabis. “Ser a pioneira no novo mercado será um fator importante para obter uma vantagem com o lançamento do produto, enquanto estuda o comportamento dos clientes-alvo — a nova geração urbana”, disse o CEO e presidente da Ichitan, Tan Passakornnatee.

O governo tailandês promove o cânhamo e a cannabis como culturas comerciais de várias maneiras. Ele acredita que os produtos de cânhamo podem atrair viajantes curiosos, bem como turistas médicos. O cultivo de cânhamo e cannabis pode gerar renda para os agricultores.

Os investidores também veem o mercado legal de cannabis como uma mina de ouro. O fundo tailandês MFC Asset Management estabeleceu o primeiro fundo mútuo da Tailândia com foco em investimentos em negócios relacionados à cannabis (MFCCANN:TB).

Experiência Holística

Inspirada nos moradores de Bangkok que lidam com o estresse e a ansiedade, a equipe da Panpuri Wellness criou uma Experiência Holística de Bem-estar com Cannabis que visa desestressar e aliviar através do uso da planta. A jornada, segundo o Lifestyle Asia, inclui serviços de onsen, tratamentos de spa usando folhas de cannabis e infusão de cannabis em alimentos e bebidas.

PPR PANPURI WELLNESS CBD 2 806x537 Da culinária ao bem estar, mercado de cannabis floresce na Tailândia

Panpuri Wellness.

Baseada em pesquisas, a Panpuri afirma que a maconha pode ajudar a aliviar o estresse, reduzir a fadiga física e mental, aumentar o apetite e encorajar um sono mais profundo. Também pode estimular os intestinos e acalmar a pele para reduzir a inflamação.

Leia: Tailândia: famílias podem cultivar seis plantas de maconha para complementar renda

A experiência holística de bem-estar canábica começa com um banho de ervas com cannabis, usando aromas de cannabis, lavanda, alecrim e manjericão-doce. Estes são combinados com uma bolsa de ervas tailandesa que também é dispersa na água.

Após o banho relaxante, os hóspedes seguem para a sauna, onde a folha de maconha e um blend de óleos de terpenos proporcionam mais uma experiência aromática projetada para acalmar e desestressar, além de remover as toxinas do corpo. Na sauna de sal do Himalaia, os hóspedes encontrarão um perfume “reimaginado” de cannabis e óleos de terpenos, onde podem desfrutar do silêncio isolante enquanto o calor alivia suavemente quaisquer dores musculares.

No bar de bem-estar, a diversão continua com um cardápio de baixa caloria, alto teor de nutrientes e infusão de cannabis, elaborado especialmente por uma equipe de nutricionistas. Feito com ingredientes cultivados localmente do norte da Tailândia, você pode esperar de tudo no menu, incluindo abacate tailandês, tomates, riceberry (arroz negro), espinafre e amora.

Cozinha verde

Seguindo a onda verde na terra da liberdade, em setembro, outra empresa do grupo Anantara, o resort Anantara Chiang Mai, decidiu incorporar cannabis à comida servida em seu restaurante The Service 1921.

Genmicha Hazelnut Latte scaled Da culinária ao bem estar, mercado de cannabis floresce na Tailândia

Descrito como um “menu saudável e rico em nutrição com infusão de cannabis”, os clientes podem pedir: robalo frito com folhas crocantes de cannabis e um molho de tamarindo de cannabis; camarões grelhados picantes com ervas tradicionais tailandesas e cannabis; costelinha de porco refogada com cogumelo shitake e sopa de cannabis; bife salteado com cannabis; e camarões grelhados com molho picante de cannabis e lima.

Segundo o Anantara, as folhas de cannabis contêm “níveis significativos de vitaminas e minerais essenciais”. Eles disseram em um comunicado que “quando as folhas da planta de cannabis são frescas e cruas, os canabinoides na planta de cannabis são encontrados em sua forma ácida em vez de sua forma ativa, o que significa que os hóspedes não se sentirão ‘atordoados’ por comer ou beber folhas de cannabis crua”.

O cardápio também inclui bebidas à base de cannabis, como o HID (hemp in distiller) com folhas de cannabis frescas, chá de jasmim, folha de pandan, laranja seca e chá de camomila.

Veja também:

Tailândia explora extração de cannabis para pesquisas médicas

#PraTodosVerem: foto, em perspectiva, de uma mulher deitada de bruços em uma mesa de massagens, onde se vê uma folha de cannabis artificial sobre a cabeceira, e as mãos de uma pessoa que utiliza um luk pra kob estampado com folhas de maconha nas costas da primeira. Imagem: reprodução / Twitter / Anantara Spa.

Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!