Distribuição de medicamentos à base de maconha no SUS é proposta na Câmara de Porto Alegre

anvisa diz que nao e contra o uso da maconha para fins medicinais Distribuição de medicamentos à base de maconha no SUS é proposta na Câmara de Porto Alegre

Duas propostas, de autoria do vereador Leonel Radde (PT), sobre o uso terapêutico da cannabis tramitam no legislativo da capital gaúcha

Pela primeira vez o legislativo da cidade de Porto Alegre (RS), reconhecida por uma trajetória progressista, se dedica a propor uma nova política sobre o uso medicinal da Cannabis sativa no município.

O vereador Leonel Radde (PT) protocolou dois projetos de lei relacionados à cannabis na Câmara Municipal porto-alegrense. As propostas versam sobre a promoção e incentivo à pesquisa dos usos medicinal e industrial da cannabis e a implementação de um programa municipal de uso da cannabis para fins terapêuticos e distribuição gratuita de medicamentos à base da planta no Sistema Único de Saúde (SUS).

site sb Distribuição de medicamentos à base de maconha no SUS é proposta na Câmara de Porto Alegre

O vereador é um policial civil que aposta nos projetos de lei como uma forma de intervenção no tráfico, bem como no vácuo científico sobre a cannabis, e estratégia de garantir a distribuição para pessoas que dependem de medicamentos à base da planta e que não podem arcar com os custos.

Leia mais: Projeto que visa distribuição de remédios à base de cannabis é aprovado em comissão da Câmara do DF

 Distribuição de medicamentos à base de maconha no SUS é proposta na Câmara de Porto Alegre

Além das propostas, o vereador petista também protocolou requerimento propondo Moção de Solidariedade e Reconhecimento à aprovação do Projeto de Lei 399/2015, que regulamenta a produção e comercialização de cannabis medicinal e cânhamo industrial no Brasil e está prestes a ser votado na Comissão Especial da Câmara dos Deputados. (Clique aqui e saiba mais sobre o PL 399).

Quando questionado sobre o tema, Leonel expõe que “como policial civil e vereador é um dever ético defender a cannabis”, e qualifica o argumento sustentando que “a maconha é um problema social que deve ser tratado em política pública, sabemos que o tabu em torno da planta reforça diversos estigmas e desigualdades sociais”. O tema foi debatido no último dia 20/5 em audiência pública promovida pela Frente Parlamentar Antifascista pelos Direitos Humanos da Câmara Municipal de Porto Alegre.

Leia também:

Assembleia Legislativa da Paraíba derruba veto do governador sobre PL da cannabis

#PraCegoVer: em destaque, fotografia em vista inferior que mostra três colas robustas de um cultivo de maconha contra a luz do sol e, ao fundo, fora de foco, outro ramo do plantio e vegetação. Foto: Rafael Rocha | Smoke Buddies.

smokebuddies logo2 Distribuição de medicamentos à base de maconha no SUS é proposta na Câmara de Porto Alegre

Sobre Smoke Buddies

A Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!