Marrocos: pesquisa encontra grande apoio à legalização da maconha para melhorar economia

cultivo top buds Marrocos: pesquisa encontra grande apoio à legalização da maconha para melhorar economia

Pesquisa realizada pelo Conselho Econômico, Social e Ambiental do Marrocos descobriu que 86% dos entrevistados disseram que legalizar a cannabis contribuiria para o desenvolvimento econômico do país. Informações do cannabisindustrie.nl, traduzidas pela Smoke Buddies

O Conselho Econômico, Social e Ambiental (CESE) do Marrocos entrevistou 1.054 indivíduos de 18 a 69 anos sobre a legalização da cannabis como parte de seu relatório de 2020 sobre a situação socioeconômica do país no ano passado.

A pesquisa visa identificar a atitude e percepção dos cidadãos marroquinos em relação à cannabis e determinar os efeitos percebidos da legalização do uso de cannabis para fins terapêuticos e industriais.

gravital sb Marrocos: pesquisa encontra grande apoio à legalização da maconha para melhorar economia

86% dos entrevistados disseram que legalizar a cannabis contribuiria para o desenvolvimento econômico, enquanto 61% acredita que as áreas de cultivo de cannabis devem ser apoiadas com investimento público em infraestrutura, incluindo construção de estradas, hospitais, escolas etc.

Veja também: Por dentro dos gigantescos campos de maconha do Marrocos

Por outro lado, a pesquisa descobriu que 47% acreditam que a cannabis tem um impacto negativo sobre o meio ambiente, enquanto 77% disseram que seu uso é prejudicial ou insalubre.

91% dos participantes da pesquisa CESE acrescentaram que o cultivo de cannabis é a única fonte de renda para as famílias que trabalham na produção de cannabis, principalmente na região de Rif, no norte do Marrocos, onde o cultivo de cannabis é tolerado há muito tempo.

94% dos inquiridos consideram que a cannabis tem raízes históricas no Marrocos e 79% acreditam que o seu cultivo deve ser legalizado.

Saiba mais: Zimbábue inicia “Fundo Verde” para atrair investidores estrangeiros em cannabis

Ainda não há legalização do haxixe

A legalização do haxixe não faz parte das sete partes da lei de legalização da cannabis do Marrocos, infelizmente, apesar dos bilhões que ele fatura, de acordo com fontes, e o apoio que existe entre a população para a legalização.

Na verdade, há uma boa chance de que esta legislação torne mais difícil para os agricultores remanescentes que preferem produzir haxixe em vez de cannabis medicinal ou cânhamo industrial.

Quando um fazendeiro próximo semeia cânhamo industrial em vez de sementes de variedades que produzem THC, este cânhamo poderá polinizar as plantas contendo THC, o que não melhorará a qualidade do haxixe. Especialmente quando da colheita do haxixe forem coletadas as sementes que são um cruzamento entre o cânhamo e as plantas de THC.

A legislação também poderia liberar mais dinheiro para a investigação e julgamento dos produtores de haxixe restantes.

Leia também:

Da culinária ao bem-estar, mercado de cannabis floresce na Tailândia

#PraTodosVerem: fotografia, tirada de cima pra baixo, mostra dois top buds de pistilos cor creme em meio a folhas serrilhadas, na parte esquerda do quadro, e, ao fundo e em pior foco, outras plantas do cultivo. Foto: Unsplash | Crystalweed.

smokebuddies logo2 Marrocos: pesquisa encontra grande apoio à legalização da maconha para melhorar economia

Sobre Smoke Buddies

A Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!