Maioria é favorável ao PL da Cannabis em enquete da Câmara dos Deputados

enquete pl da cannabis camara Maioria é favorável ao PL da Cannabis em enquete da Câmara dos Deputados

A maioria dos internautas concorda totalmente com o Projeto de Lei 399/2015, segundo resultados de enquete realizada pela Câmara. Saiba mais, a seguir

No site da Câmara dos Deputados, uma enquete pede a opinião dos internautas sobre o PL 399/2015, que prevê a regulamentação de medicamentos que contenham extratos, substratos ou partes da Cannabis sativa em sua formulação.

Os resultados da pesquisa apurados até às 11h de hoje (4) mostravam que a maioria dos participantes (52%) concorda totalmente com a proposta, ou seja, 2.735 de um total de 5.213 votos, além de 213 (5%) que disseram concordar na maior parte.

lazy placeholder Maioria é favorável ao PL da Cannabis em enquete da Câmara dos Deputados

A enquete também traz as opções de “estou indeciso” (7 votos; 0%), “discordo na maior parte” (48 votos; 1%) e “discordo totalmente” (2.210 votos; 42%).

Clique aqui e participe você também da enquete!

Na contramão da opinião pública manifestada na sondagem da Câmara, o presidente da casa, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), travou o andamento do PL 399/2015 em consideração aos pedidos dos deputados Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ) e Bia Kicis (PSL-DF) de não pautar a proposta antes de conversar com a bancada conservadora.

Leia mais: Rodrigo Maia engaveta Projeto de Lei da cannabis

Projeto de Lei 399/2015 (PL da Cannabis)

O relator do projeto que regula o plantio e comercialização de cannabis para fins medicinais, deputado Luciano Ducci (PSB-PR), apresentou esta terça-feira (1) um parecer favorável à proposta. O documento estende o escopo do projeto original, de autoria do deputado Fábio Mitidieri (PSD-SE), e permite as atividades de cultivo, processamento, pesquisa, armazenagem, transporte, produção, industrialização, comercialização, importação e exportação de produtos à base de Cannabis sativa.

Em entrevista ao site Congresso em Foco, Ducci disse que “estamos trabalhando para até final de setembro aprovar a urgência e em setembro ou outubro votar o projeto. Como tem polêmica, tem que ir para o voto”. “É uma discussão importante, forte, mas algumas pessoas estão na verdade distorcendo a finalidade do projeto”, adverte o relator.

Leia também:

Relator vê distorção em debate sobre plantio de maconha para fins medicinais

#PraCegoVer: a imagem em destaque traz uma captura de tela do resultado parcial da enquete com os números de votos em cada opção, além dos respectivos percentuais e gráfico de barras verticais.

Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!