A maioria dos pacientes de cannabis reduz ingestão de drogas prescritas, diz estudo

bud comprimidos A maioria dos pacientes de cannabis reduz ingestão de drogas prescritas, diz estudo

Uma pesquisa recente realizada na Flórida (EUA) descobriu que 65% dos pacientes conseguiu reduzir ou eliminar a ingestão de pelo menos um medicamento prescrito após obter seu registro de cannabis medicinal. Informações do Ganjapreneur, traduzidas pela Smoke Buddies

Uma pesquisa com pacientes de maconha medicinal da Flórida (EUA) publicada na revista Medical Cannabis and Cannabinoids revelou que a maioria (65%) reduziu ou eliminou a ingestão de pelo menos um medicamento prescrito após obter seu registro de cannabis medicinal. Os dados foram coletados em Centros de Tratamento de Maconha Medicinal em eventos do sudoeste da Flórida e no campus da Universidade da Costa do Golfo da Flórida de 157 pacientes registrados de maconha medicinal, de maio de 2019 a janeiro de 2020.

Leia também: Prescrições de opioides diminuem após legalização da maconha no Canadá

site sb A maioria dos pacientes de cannabis reduz ingestão de drogas prescritas, diz estudo

Quase todos os entrevistados disseram que consumiam cannabis diariamente, mas 93% disseram que não se sentiam dependentes da substância. Outros 40% indicaram que usaram apenas variedades de alto teor de THC, enquanto 22% disseram que suas variedades eram apenas de alto teor de CBD. A grande maioria, 72%, indicou que usava strains com alto teor de THC e CBD. Contabilizando outliers e não respostas, 110 pacientes compartilharam a quantia média que gastaram em cannabis medicinal por mês, que foi de US$ 300. Inflorescência (bud) era o método preferido de administração, descobriu a pesquisa.

Saiba mais: Nova York aprova venda de inflorescências de maconha para uso medicinal

Os pacientes relataram redução da dependência de opioides (18%), ansiolíticos (18%) ou antidepressivos (15%). Além disso, os pacientes relataram substituir AINEs e soníferos pela a cannabis medicinal. Finalmente, 81% relataram que a cannabis forneceu uma “boa quantidade” de alívio para seus sintomas, com resultados de alívio variando de 70% (inflamação geral) a 91% (náusea).

Um achado particularmente importante da pesquisa atual foi que a maioria (65%) dos pacientes relatou uma redução ou descontinuação completa da prescrição de opioides e/ou drogas OTC (isentas de receita)”, observam os pesquisadores. “Isso complementa outro trabalho, que também encontrou uma redução no uso de opioides, analgésicos não opioides, benzodiazepínicos e antidepressivos entre pacientes de cannabis medicinal. Essas reduções têm implicações tremendas, já que até 116 milhões de estadunidenses sofrem de dor crônica, e os médicos frequentemente prescrevem opioides para seus pacientes”.

 

 

 

Veja também:

Muitos usuários de maconha preferem a cannabis a medicamentos prescritos

#PraTodosVerem: fotografia, em close, mostra um bud de cannabis sobre uma porção de comprimidos redondos brancos e um fundo amarelo. Imagem: THCamera Cannabis Art.

smokebuddies logo2 A maioria dos pacientes de cannabis reduz ingestão de drogas prescritas, diz estudo

Sobre Smoke Buddies

A Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!