Maconha chega ao setor de ensino superior privado

inicio floracao vasos ramos Maconha chega ao setor de ensino superior privado

O Ministério da Educação recebeu o protocolo para registro de um curso de pós-graduação lato sensu sobre maconha da paranaense UniFil. Com informações da Folha

A maconha chegou ao setor de ensino superior privado. Depois de uma das maiores universidades particulares do país, a Estácio, lançar um curso de oito horas para capacitar médicos a prescrever canabinoides no mês passado, o Ministério da Educação recebeu um registro de pós-graduação lato sensu sobre o assunto. O protocolo foi feito por uma instituição paranaense, Unifil, mas as aulas acontecerão em São Paulo. Com 360 horas o público alvo são médicos e dentistas.

Segundo o médico Cesar Camara, um dos organizadores em parceria com a Unifil, serão ensinados conceitos de funcionamento e métodos de extração da planta.

“A resolução da Anvisa restringiu a prescrição apenas aos médicos, mas há conceitos importantes para o conhecimento de dentistas também”, afirma Camara.

O curso da Estácio abordou questões sobre neurologia, neuropediatria, psiquiatria e geriatria. Na ocasião, Silvio Pessanha Neto, gestor da empresa, disse que o estudo de medicina precisa acompanhar a evolução da ciência.

Leia também:

Maconha nas universidades: veja como a erva ‘foi parar’ nas instituições de ensino

#PraCegoVer: fotografia (em destaque) em vista superior diagonal que mostra vários ramos apicais de maconha no início da floração, plantados em vasos, em um cultivo indoor. Foto: Paciente de maconha medicinal | Smoke Buddies.

lazy placeholder Maconha chega ao setor de ensino superior privado

Sobre Smoke Buddies

A Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!

Deixe seu comentário