Quem são os médicos prescritores de cannabis no Brasil?

medicos medicas cannabis Quem são os médicos prescritores de cannabis no Brasil?

Segundo a Anvisa, aproximadamente 1.190 profissionais de saúde prescrevem cannabis para fins terapêuticos no Brasil. Mas, a pergunta que paira no ar é: como encontrá-los? Para solucionar esta questão, a Smoke Buddies construirá, com a sua ajuda, um banco de dados com contatos de médicos e médicas que prescrevem cannabis no país

À medida que os benefícios terapêuticos da cannabis e seus compostos são comprovados por estudos científicos e de forma empírica, a busca de familiares e pacientes por tratamentos à base de maconha, através de extratos, flores in natura, óleos e outros derivados da planta, também aumenta. Para se ter uma ideia, através de nossos canais, a Smoke Buddies recebe, toda semana, de 15 a 20 mensagens de pessoas que, após estudos e pesquisas por conta própria, desejam a opinião de um profissional para viabilizar um tratamento à base de cannabis para si ou para um familiar que sofre de alguma condição crítica.

Basta uma rápida busca na internet para encontrar histórias que definem o drama de quem percorre centenas de quilômetros em busca de um(a) profissional que seja especialista em cannabis, mesmo que como a última alternativa de tratamento capaz de proporcionar bem-estar a quem sofre algum tipo de condição crítica — como epilepsia refratária, dores neuropáticas, esclerose múltipla, Alzheimer, Parkinson, quimioterapia etc. Doenças e condições mais comuns — como ansiedade, depressão, dor crônica, estresse, insônia e entre outras — também são motivos para a busca de profissionais médicos com experiência em cannabis.

lazy placeholder Quem são os médicos prescritores de cannabis no Brasil?

Leia também: Clínica de cannabis registra aumento no tratamento de doenças do humor

Quando, por sorte ou indicação, familiares e pacientes finalmente chegam a um profissional apto e disposto a prescrever cannabis, o tratamento é guiado e monitorado desde sempre, e pode proporcionar efeitos surpreendentes na qualidade de vida do paciente e, claro, dos entes ao seu redor. Porém, não é o que ocorre com a maioria dos pacientes que buscam se tratar com cannabis.

Muitos casos de automedicação surgem por conta do desespero e sofrimento acarretados pela doença, que levam pacientes (e/ou familiares) a buscarem tratamentos efetivos e descobrirem, através de relatos de casos semelhantes aos seus, o uso de canabinoides como aliado. E, se no consultório o assunto também é tabu, baseadas em experimentos e depoimentos trocados, as pessoas vão se medicando com cannabis por conta própria — porém, mesmo que atingindo algum benefício, o que rola de fato é algo como um encontro às cegas.

Quem são os médicos e médicas prescritores?

De 2015 a 2019, o número de profissionais que prescrevem canabinoides saltou de 321 para 1.088 (alta de 339%), em janeiro de 2019. Segundo informação oficial da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), recebida pela Smoke Buddies, em agosto deste ano, o número de prescritores é de 1.190, o que representa, dentro de um universo de 450 mil profissionais, somente 0,26% de médicos e médicas que prescrevem cannabis.

Embora o aumento seja expressivo, o fato é que o número de prescritores é baixo se comparado ao de pacientes que já receberam autorização para adquirir medicamentos. Com um crescimento exponencial de 845%, desde 2015, o número de pacientes solicitando importação, que era de 826 pessoas, saltou no 1º semestre de 2020, totalizando 6.972 cadastros de novos pacientes, segundo dados da Anvisa enviados à Smoke Buddies, em agosto. Entre os 18.358 pacientes cadastrados, desde 2015 até agosto deste ano, há um total de 24.941 pedidos realizados (considerando as renovações) ao longo dos últimos anos, até o primeiro semestre de 2020.

Leia mais: Número de pacientes que buscam por cannabis já ultrapassa o do último ano

Com poucos profissionais da área da saúde que estudam e utilizam na prática clínica o tratamento à base de cannabis, ainda é muito difícil encontrar um prescritor no Brasil. E o que vemos do outro lado é uma população que almeja mais informação e, claro, o aconselhamento de um(a) profissional capacitado(a) e desprovido(a) de preconceito no tratamento de condições e doenças à base de cannabis.

Por isso, e diante de todo o exposto, elaboramos um formulário, através do qual buscaremos, por tempo indeterminado, informações sobre profissionais que prescrevam cannabis para fins terapêuticos. Os dados coletados serão, então, organizados e disponibilizados para que cheguem a quem precisa. Se você prescreve cannabis, ou conhece alguém que já receitou, ou tem interesse, colabore preenchendo o formulário abaixo:

Quem são os médicos prescritores de cannabis no Brasil?

#PraCegoVer: fotografia (em destaque) que mostra parte do corpo de uma pessoa que está vestida com jaleco branco e segurando, diante da câmera, um ramo de cannabis e um frasco de medicamento, cada um em uma mão. Foto: Fundación Daya.

lazy placeholder Quem são os médicos prescritores de cannabis no Brasil?

Sobre Dave Coutinho

Carioca, Maconheiro, Ativista na Luta pela Legalização da Maconha e outras causas. CEO "faz-tudo" e Co-fundador da Smoke Buddies, um projeto que começou em 2011 e para o qual, desde então, tenho me dedicado exclusivamente.
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!