Lesoto é o primeiro país africano capaz de exportar cannabis para a União Europeia

drakensberg Lesoto é o primeiro país africano capaz de exportar cannabis para a União Europeia

Menos de 20 empresas em todo o mundo conseguiram se alinhar aos padrões de Boas Práticas de Fabricação europeus. As informações são do The Citizen

Uma cultivadora e fabricante de cannabis medicinal com base no Lesoto tornou-se recentemente a primeira empresa africana capaz de exportar legalmente maconha medicinal para a União Europeia (UE).

A MG Health recebeu a confirmação de que seus processos de fabricação agora estão oficialmente alinhados com os padrões de Boas Práticas de Fabricação (GMP) da UE.

site sb Lesoto é o primeiro país africano capaz de exportar cannabis para a União Europeia

Menos de 20 empresas em todo o mundo conseguiram isso, o que é uma “grande conquista” para a economia do Lesoto, disse o gerente de desenvolvimento de negócios da MG Health, Luke van der Next.

“Ter uma certificação GMP significa que podemos acessar mercados globais. Isso significa que a MG Health pode acessar e explorar a cadeia de abastecimento global, uma inovação significativa para a África”.

giftrimbim1 Lesoto é o primeiro país africano capaz de exportar cannabis para a União Europeia

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ele disse que, até o momento, a Alemanha era o maior mercado de cannabis medicinal.

Leia mais: Alemanha importou volume recorde de cannabis em 2020

Mas essa façanha veio com sua cota de desafios, incluindo ser dito em 2017 que um país africano nunca seria capaz de alcançar um certificado GMP da UE.

“Foi quando decidimos que é o que queremos fazer e olhar para nós três anos depois. Nós apostamos que a África está pronta para competir, pode cumprir e tem as habilidades para enfrentar o mercado global.”

A África também oferece as melhores condições de cultivo e bases de custo para a indústria da cannabis prosperar, assim que a legislação for implementada.

“Este é o primeiro passo em um momento formativo para a economia de cannabis da África.”

O Lesoto não só estabeleceu o padrão para o resto do continente, como a MG Health é agora a maior empregadora de bacharéis em Ciências do Lesoto.

Van der Next disse que a MG Health pretende permanecer no Lesoto neste momento, sendo o país “parte do DNA da nossa empresa”.

Além disso, há a vantagem adicional de que a MG Health opera nas montanhas imaculadas de Maluti, com ar e água limpos, sem contaminantes e sem pesticidas transportados pelo ar.

“Assim que a legislação for aprovada, queremos servir à África. Mas, por enquanto, queremos continuar assim antes de começar a olhar para fora.”

Leia também:

Clubes de cultivo de cannabis permitem que as pessoas acessem seus direitos na África do Sul

#PraCegoVer: fotografia aérea que mostra uma área de floresta, na parte inferior da imagem, o rio Caledon e parte da cordilheira de Drakensberg, que aparece ao fundo. Crédito: Paramente Phamotse / Store norske leksikon.

smokebuddies logo2 Lesoto é o primeiro país africano capaz de exportar cannabis para a União Europeia

Sobre Smoke Buddies

A Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!