LEGO feito com bioplástico de cânhamo? Nem em 2030!

Marco Verch Flickr cc 1 LEGO feito com bioplástico de cânhamo? Nem em 2030!

Tradicional marca dinamarquesa desmente informação de que produzirá brinquedos feitos com bioplástico de cânhamo – empresa diz que usará cana-de-açúcar como matéria-prima em projeto de sustentabilidade

Correu a internet, nas últimas semanas, a informação de que a gigante LEGO, empresa dinamarquesa que faz a cabeça de milhões de crianças mundo afora desde 1932 com seus coloridos blocos de encaixar, teria o plano de usar bioplástico de cânhamo como matéria-prima de seus produtos até 2030, dentro de um projeto de sustentabilidade desenvolvido pela marca.

“As 60 bilhões de peças que a empresa fabrica a cada ano serão totalmente substituídas por cânhamo”, replicam as notas sobre o assunto. A informação, porém, que não consta nos canais de comunicação oficiais da LEGO, foi checada pela Smoke Buddies junto ao escritório mundial da marca, que afirmou, em resposta por e-mail, que “nós não estamos planejando usar plásticos baseados em cânhamo em produtos“.

O gerente de engajamento ambiental que responde pelo assunto, Matt Whitby, ainda diz que a marca está desenvolvendo “novos produtos feitos a partir de fontes de base biológica, neste caso a cana-de-açúcar, que é do Brasil”.

Leia também: 

Cinco discursos equivocados de Osmar Terra que reforçam o proibicionismo

#PraCegoVer: Fotografia (de capa) mostra boneco de LEGO no centro da imagem em uma posição de fuga da pilha de blocos coloridos por trás dele. Foto: Marco Verch | Flickr (creative commons).

Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!

Deixe seu comentário