Legisladores de Nova Jersey (EUA) aprovam referendo sobre uso adulto de maconha

ativistas folha cruz nova jersey Legisladores de Nova Jersey (EUA) aprovam referendo sobre uso adulto de maconha

Nas eleições, a população será questionada sobre a aprovação da maconha para uso adulto. Se aprovada, Nova Jersey será o 11º estado, mais o Distrito de Colúmbia, a legalizar o uso social da erva. Com informações da Time e tradução pela Smoke Buddies

Uma supermaioria dos parlamentares de Nova Jersey (EUA) aprovou no último dia 16 de dezembro uma proposta de questão para cédula eleitoral para legalizar a maconha recreativa, colocando o referendo perante os eleitores na votação de 2020.

A Assembleia liderada pelos democratas aprovou a medida por 49 a 24, com uma abstenção, enquanto o Senado aprovou a questão por 24 a 16.

A proposta não precisa ser apresentada ao governador democrata Phil Murphy, embora ele apoie a legalização da maconha.

A questão pergunta aos eleitores se eles aprovam a cannabis recreativa para pessoas com 21 anos ou mais. Todas as vendas de produtos de maconha estariam sujeitas ao imposto sobre vendas de 6,625% do estado, e as cidades também poderiam aprovar leis para cobrar impostos locais.

“A hora de acabar com a proibição do uso adulto de cannabis é agora”, disse o presidente da Assembleia, Craig Coughlin.

Se for aprovada pelos eleitores, Nova Jersey se tornará o 11º estado dos EUA, juntamente com o Distrito de Columbia, a legalizar a maconha recreativa.

Leia: Universidades de Nova Jersey entram para a indústria da maconha

A questão para cédula eleitoral foi a segunda escolha de Murphy e dos líderes legislativos, que falharam em março em avançar uma legislação que legalizaria a cannabis. Os legisladores da época citaram uma série de preocupações com o projeto de lei, incluindo preocupações com os que foram condenados por tráfico de maconha poderem facilmente limpar seus registros. A oposição na época estava nos dois lados do corredor político.

Os apoiadores da questão aceitaram a proposta depois que ficou claro que a legislação não tinha apoio suficiente. Alguns temiam que a questão diferisse a responsabilidade dos legisladores de abordar as questões de justiça social e racial, já que os cidadãos negros são presos por acusações de maconha a uma taxa desproporcional em comparação com os brancos.

“Uma emenda constitucional que pede aos eleitores que tomem uma decisão primeiro e descubram os detalhes posteriormente mina os princípios de uma democracia participativa e representativa”, disse Amol Sinha, diretor executivo da União Americana das Liberdades Civis do estado.

As maiorias com mais de três quintos das duas câmaras são importantes porque garantem que a questão será colocada aos eleitores até 2020. Se apenas uma maioria simples de ambas as casas tivesse aprovado a questão, os legisladores teriam que realizar uma segunda votação na nova sessão, que começa em 14 de janeiro.

Leia também:

Quase US$ 3,2 milhões em maconha legal foram vendidos em Illinois (EUA) no primeiro dia

#PraCegoVer: foto (de capa) de um homem negro, usando dreadlocks, uma coroa de folhas artificiais de maconha e uma camiseta preta estampada com a palavra “LOVE” em vermelho e o desenho de uma folha de maconha dentro da letra ‘o’, com os braços abertos e juntos a uma cruz branca, da qual pode-se ver apenas a parte horizontal, dado que a mesma tem uma grande folha de maconha à sua frente; o homem caminha em meio a vários outros ativistas, durante um ato pela legalização da cannabis em Nova Jersey, em 2014. Foto: Mel Evans | AP.

lazy placeholder Legisladores de Nova Jersey (EUA) aprovam referendo sobre uso adulto de maconha

Sobre Smoke Buddies

A Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!