Justiça suspende decisão que autorizava empresa a plantar e vender insumos de cannabis

cultivo maos luvas pretas Justiça suspende decisão que autorizava empresa a plantar e vender insumos de cannabis

Para o juiz Ilan Presser, a concessão é indevida, uma vez que o produto pode apresentar propriedade psicotrópica e a sua comercialização ocorreria antes de pronunciamento judicial definitivo sobre a matéria. Com informações da ConJur

Por vislumbrar risco de periculum in mora inverso, o desembargador Ilan Presser, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, suspendeu os efeitos de uma decisão de primeira instância que autorizava uma empresa a importar, cultivar e comercializar uma semente da cannabis para fins exclusivamente industriais e farmacêuticos. A decisão atende a um pedido da Anvisa, que é contra a importação.

Leia mais: Juiz autoriza empresa a plantar e vender insumos de cannabis após a decisão da Anvisa

site sb Justiça suspende decisão que autorizava empresa a plantar e vender insumos de cannabis

“Não obstante os fundamentos em que se amparou a decisão agravada, vejo presentes, na espécie, os pressupostos do artigo 1.019, I, do CPC, a autorizar a concessão da pretendida antecipação da tutela recursal, mormente face do caráter de precaução; e, por isso, compatível com a tutela cautelar do agravo, manifestado nas letras e na inteligência do referido dispositivo legal, mormente em face da natureza controvertida da discussão travada nos autos de origem”, disse o desembargador.

Para Ilan Presser, a tutela jurisdicional reclamada no feito de origem ampara-se em “situação eminentemente técnica”, cuja comprovação “reclama extensa dilação probatória” para verificar se a semente, conhecida como cânhamo industrial, não apresenta “quaisquer propriedades psicotrópicas”.

Diante da divergência, Presser considerou “indevida” a concessão de tutela de urgência em razão do periculum in mora inverso. “Isso porque, uma vez aferido que o referido produto pode apresentar propriedades psicotrópicas, a sua importação, comercialização e industrialização já terá ocorrido; antes mesmo de pronunciamento judicial definitivo sobre a matéria, impondo-se, assim, a manutenção do status quo ante, até a resolução da controvérsia”, completou.

Assim, o desembargador decidiu suspender os efeitos da liminar de primeira instância até a análise do recurso pela turma julgadora.

Leia também:

Fabricante de Iowa (EUA) e empresa brasileira se unem para entregar produtos de CBD

#PraCegoVer: fotografia (de capa) em plano fechado que mostra um cultivo de maconha e as mãos calçadas com luvas pretas que tocam um dos ramos. Foto: Victoria Rothstein | Flickr.

smokebuddies logo2 Justiça suspende decisão que autorizava empresa a plantar e vender insumos de cannabis

Sobre Smoke Buddies

A Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!