Jogadores suspensos da NFL podem retornar após mudanças na política de cannabis

croydon rangers jogador Jogadores suspensos da NFL podem retornar após mudanças na política de cannabis

Após mudanças na política de drogas, jogadores como Josh Gordon e Randy Gregory querem voltar à NFL; a liga não fez declarações sobre reintegrações. Com informações do Ganjapreneur e tradução Smoke Buddies

O jogador defensivo suspenso do Dallas Cowboys Randy Gregory pediu a reintegração à Liga Nacional de Futebol (NFL) depois de ser suspenso indefinidamente no ano passado pela liga, depois de violações recorrentes da política de abuso de substâncias da liga que data de 2015, relata a ESPN.

O apelo é o primeiro a ser tornado público após alterações da NFL no início deste mês em sua política de abuso de substâncias, que não ameaça mais a suspensão por falhas nos testes de drogas para cannabis. Gregory foi suspenso quatro vezes por falhar ou perder os testes de cannabis. Sob as reformas da política, um jogador ainda pode ser suspenso por perder testes ou por não seguir as regras da liga por repetidas falhas nos testes.

Leia mais: Jogadores da NFL não serão mais suspensos por doping de maconha

Gregory foi convocado em 2015 e jogou apenas em 28 jogos em sua carreira devido às suspensões; em 2016 e 2017, ele perdeu 30 do total de 32 jogos.

O Dallas Cowboys é de propriedade de Jerry Jones, que defendeu as mudanças na política de cannabis em toda a liga no recente Acordo de Negociação Coletiva entre a liga e a Associação de Jogadores (NFLPA). Jones disse à CBS Sports no ano passado que os donos das equipes estavam “empolgados em acompanhar a cena social e legal à medida que avança” em relação às políticas de cannabis.

Nove das 32 equipes da liga jogam seus jogos em casa em estados que legalizaram a cannabis para uso adulto.

Segundo as novas regras, se um jogador der positivo para cannabis até duas semanas antes do treinamento em campo, seu teste é analisado por um conselho de profissionais médicos nomeados pela NFLPA e pela liga que determinam se o jogador precisa de tratamento para abuso de drogas. Essa janela de duas semanas para testes de cannabis foi reduzida de quatro meses, o que significa que menos jogadores terão testes positivos para cannabis. Os jogadores não serão mais suspensos por testes positivos e o limiar para reprovação agora é de 150 nanogramas de THC por mililitro de sangue, acima dos 35 nanogramas anteriores.

Josh Gordon, um grande recebedor que foi suspenso por tempo indeterminado na última temporada por violações da política da NFL relacionadas à cannabis desde 2013, indicou que planeja voltar na temporada de 2020, mas de acordo com a CBS Sports terá que obedecer às antigas regras da liga para retornar.

A NFL não fez nenhuma declaração a respeito da reintegração de Gregory, mas o comissário Roger Goodell disse à ESPN que Gordon teria que provar que está fazendo um progresso constante fora do campo antes de pensar em ser reintegrado de sua sexta suspensão.

Leia também:

Ex-NFL Kyle Turley diz que a maconha salvou sua vida

#PraCegoVer: em destaque, fotografia em vista lateral que mostra um jogador com os braços estendidos para trás e a perna flexionada, prestes a chutar uma bola que está no ar, vestido com uniforme de cor verde e capacete prateado com o logo do Croydon Rangers. Foto: John Torcasio | Pxhere.

lazy placeholder Jogadores suspensos da NFL podem retornar após mudanças na política de cannabis

Sobre Smoke Buddies

A Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!