Japão registra número recorde de detenções relacionadas à maconha

buds flores cinza Japão registra número recorde de detenções relacionadas à maconha

Em 2019, 4.321 pessoas estiveram envolvidas em casos de cannabis no Japão, 743 acima do ano anterior, pelo sexto ano consecutivo de aumento. Com informações da Kyodo News e tradução Smoke Buddies

O número de pessoas de 14 a 19 anos envolvidas em casos de cannabis sondadas pela polícia saltou 4,4 vezes de 2 por 100.000 pessoas nessa faixa etária em 2015 para 8,7, de acordo com dados da Agência Nacional de Polícia.

O número de pessoas na casa dos 20 anos por 100.000 pessoas mais que dobrou, de 6,5, ​​no mesmo período, para 15,5, segundo a agência.

site sb Japão registra número recorde de detenções relacionadas à maconha

No geral, 4,3 indivíduos por 100.000 foram envolvidos em crimes relacionados à maconha no ano passado, mais do que dobrando de 2,1 em 2015.

Das 4.321 pessoas, 609 tinham entre 14 e 19 anos, 180 a mais, ou cerca de 42%, em relação ao ano anterior, e 1.950 entre as de 20 anos, um aumento de 429 ou 28%.

A agência alertou que os jovens estão menos conscientes dos riscos associados ao uso de cannabis em comparação com drogas pesadas, como a metanfetamina, e tendem a começar a consumir cannabis por curiosidade.

“É necessário informá-los corretamente sobre os efeitos nocivos (da cannabis), como uma influência severa nas funções cognitivas e maior risco de desenvolver sintomas mentais”, afirmou.

Leia mais: Japão vive onda de consumo de maconha

Entre os jovens infratores por maconha em 2019, 109 eram estudantes do ensino médio e seis eram estudantes do ensino fundamental, sendo o mais novo um estudante do sexo masculino de 14 anos de idade.

Em outras faixas etárias, 7,3 pessoas por 100.000 estavam envolvidas em casos de cannabis entre os 30 anos, acima de 4,3 em 2015, 2,7 entre aqueles com 40 anos, acima de 1,4, e 0,4 para aqueles com 50 anos ou mais, acima de 0,2.

A agência também pesquisou a conscientização sobre os riscos do uso da droga entre 631 infratores de todas as idades e descobriu que apenas 15,4% acham que é perigoso. Enquanto isso, 78,6% deles disseram que a metanfetamina representa um perigo.

Enquanto isso, o número de pessoas envolvidas em delitos de drogas em 2019 em geral caiu 498 em relação ao ano anterior para 13.364, com o número permanecendo quase estável nos últimos anos.

Entre todos os infratores de drogas no Japão, 8.584 estavam envolvidos com metanfetaminas ou anfetaminas, conhecidas como “drogas estimulantes” no Japão, uma queda de 1.284 em relação ao ano anterior, seguidas pelos envolvidos com maconha e 205 com cocaína.

O volume de estimulantes confiscados mais que dobrou em relação ao ano anterior, para um recorde de 2.293 kg no ano passado.

Houve uma série de ataques em grande escala, incluindo a apreensão de cerca de 1.000 kg de estimulantes nas águas da província de Shizuoka, no Japão central, em junho, e cerca de 590 kg no mar na província de Kumamoto, no sudoeste do Japão, em dezembro.

O volume de cannabis confiscada em várias formas também aumentou em relação ao ano anterior, incluindo 350 kg de maconha e 12,8 kg de haxixe. A apreensão de drogas sintéticas, incluindo MDMA, também subiu seis vezes, para 73.935 comprimidos.

Estimulantes foram vendidos na rua por cerca de 64.000 ienes (R$ 3.000) por grama, enquanto a maconha foi vendida por cerca de 6.000 ienes (R$ 290).

Leia também:

Japão, o país onde pessoas flagradas com maconha se tornam párias

#PraCegoVer: fotografia (de capa) em plano fechado que mostra quatro buds secos de maconha sobre uma superfície de cor cinza. Imagem: Piqsels.

smokebuddies logo2 Japão registra número recorde de detenções relacionadas à maconha

Sobre Smoke Buddies

A Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!