Na Irlanda, 40% dos usuários de cannabis têm resultado positivo para transtorno por uso

baseado boca mao Na Irlanda, 40% dos usuários de cannabis têm resultado positivo para transtorno por uso

Estudo conduzido por pesquisadores da Universidade de Cork aponta que quatro em cada dez consumidores de maconha apresentam pontuação positiva para transtorno por uso de cannabis. As informações são do Irish Examiner

Quatro em cada dez usuários atuais de maconha obtêm pontuação positiva para transtorno por uso de cannabis, descobriu uma nova pesquisa.

O estudo, conduzido por especialistas em saúde da Universidade de Cork (UCC) e do Conselho de Pesquisa em Saúde (HRB) da Irlanda, sugere que os resultados devem ser considerados no debate sobre a liberalização das leis sobre a cannabis.

site sb Na Irlanda, 40% dos usuários de cannabis têm resultado positivo para transtorno por uso

Publicado no European Journal of Public Health, o estudo diz que ser jovem, homem e ter um nível de educação mais baixo estava “significativamente relacionado” a ter transtorno por uso de cannabis (TUC).

A pesquisa foi de autoria de acadêmicos da UCC e do HRB e foi liderada pelo Dr. Sean Millar, da Escola de Saúde Pública da UCC.

 Na Irlanda, 40% dos usuários de cannabis têm resultado positivo para transtorno por uso

O estudo foi baseado em uma grande amostra, de pesquisas nacionais de prevalência de drogas em 2010-2011 (5.134 pessoas) e 2014-2015 (7.005 pessoas).

Constatou que 18% das pessoas com mais de 15 anos experimentaram maconha, com 3% a consumi-la no último ano (consumo recente) e 3% no mês anterior (consumo recente).

Leia mais: Oficial antidrogas da Casa Branca admite que uso de maconha por jovens caiu após legalização

O estudo diz que o transtorno por uso de cannabis (TUC) é um novo termo, substituindo termos como adicção em cannabis, dependência de cannabis ou abuso de cannabis.

Os resultados mostraram que:

  • Quatro em cada dez (41,3%) dos usuários atuais tiveram resultados positivos para TUC — seja abuso ou dependência de cannabis;
  • Um em cada quatro (24%) dos usuários recentes também teve uma pontuação positiva para TUC. O estudo descobriu que os jovens, com idades entre 15 e 24 anos, tinham quatro vezes mais probabilidade de desenvolver o transtorno entre os usuários atuais.

Aqueles com educação apenas até o nível primário tinham quase quatro vezes mais probabilidade de ter o transtorno e os homens eram duas vezes mais suscetíveis do que as mulheres de serem positivos para a condição.

“Fatores associados ao uso recente e atual de cannabis incluíram idade mais jovem, não ter filhos dependentes e uso atual de tabaco ou álcool”, disse o relatório.

EUA: financiamento de estudos sobre cannabis se concentra nos danos e ‘uso indevido’

“Sexo masculino, idade mais jovem e menor nível de escolaridade foram significativamente relacionados a ter TUC.”

O relatório disse que as descobertas sobre homens e jovens são consistentes com pesquisas no exterior.

Ele mencionou que o Centro Europeu de Monitoramento de Drogas e Toxicodependência descobriu que quase todos os estados-membros indicaram que 75% ou mais dos candidatos para tratamento por cannabis eram do sexo masculino.

“É importante notar que a iniciação precoce e o uso regular de cannabis na adolescência estão associados a vários resultados negativos para a saúde, incluindo TUC, uso de outras substâncias ilícitas e problemas de saúde mental”, disse o relatório.

Segundo os pesquisadores, a alta prevalência de TUC entre os usuários atuais era “preocupante, mas não inesperado” e os profissionais de saúde “deveriam ter um alto nível de suspeita” quanto à possibilidade de um TUC, onde o uso atual é relatado.

Em relação aos jovens com menor escolaridade e níveis de emprego mais pobres, o relatório afirma: “Em situações em que os jovens não têm a capacidade de fazer transições para um status superior, podem ficar presos a grupos de pares onde o consumo de cannabis se torna um foco central”. O estudo faz referência ao debate em torno da liberalização da maconha e afirma que mais pesquisas sobre a descriminalização e a legalização são necessárias.

Leia mais: Risco genético para problemas de sono pode predizer comportamentos de uso de maconha

“Em conclusão, os resultados deste estudo sugerem que uma alta porcentagem dos atuais usuários de cannabis estão em risco de abuso ou dependência de cannabis”, afirma o relatório.

“Dadas as implicações potenciais para a saúde pública da legalização da cannabis, é imperativo que informações válidas e confiáveis ​​sobre o uso de cannabis, TUC e danos relacionados à cannabis sejam coletadas na Irlanda e em outros países, para garantir que o impacto de quaisquer mudanças decorrentes da legalização da cannabis possa ser medido com precisão.”

O Dr. Bobby Smyth, um dos coautores, disse: “Os resultados confirmam a frequência relativamente alta de transtornos causados ​​pelo uso de cannabis entre a população predominantemente jovem de pessoas que usam cannabis. Os padrões que surgiram indicam riscos mais elevados para usuários do sexo masculino e isso reflete o que vemos nos serviços de tratamento de dependência, onde cerca de 80% das pessoas em tratamento para um transtorno por uso de cannabis são do sexo masculino”.

O consultor psiquiatra de crianças e adolescentes, que trabalha em serviços de tratamento de adolescentes em Dublin, acrescentou: “Nos serviços de tratamento de adolescentes em todo o país, a maconha é, de longe, a substância mais comum que leva as pessoas a precisar de tratamento nos últimos três a quatro anos”.

Leia também:

Uso frequente de cannabis por jovens está associado a declínio no QI, diz estudo

#PraCegoVer: fotografia que mostra parte do rosto de uma pessoa, com barba rala, e sua mão segurando o baseado que está fumando; ao fundo, desfocado, pode-se ver um ambiente externo com muro e vegetação. Foto: The Charlatan.

smokebuddies logo2 Na Irlanda, 40% dos usuários de cannabis têm resultado positivo para transtorno por uso

Sobre Smoke Buddies

A Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!