Haxixe está 25% mais potente do que há 45 anos, diz estudo global

bolas haxixe Haxixe está 25% mais potente do que há 45 anos, diz estudo global

As concentrações de THC aumentaram, mostram dados de mais de 80.000 amostras de rua recolhidas em diversos países. As informações são do The Guardian

A resina de cannabis — ou “haxixe” — aumentou em potência em quase 25% ao longo do último meio século, revelou um importante estudo internacional.

Pesquisadores do Grupo de Vício e Saúde Mental da Universidade de Bath analisaram dados de mais de 80.000 amostras de rua de cannabis testadas nos últimos 50 anos nos EUA, Reino Unido, Países Baixos, França, Dinamarca, Itália e Nova Zelândia.

lazy placeholder Haxixe está 25% mais potente do que há 45 anos, diz estudo global

Suas descobertas, publicadas na revista Addiction, revelam que as concentrações de THC — o componente inebriantes da cannabis responsável por dar aos usuários uma “alta” — mudaram com o tempo.

Leia mais: 75% do haxixe vendido em Madri contém contaminação fecal, segundo estudo

Na cannabis herbácea, as concentrações de THC aumentaram 14% entre 1970 e 2017. Isso se deveu principalmente ao aumento da participação de mercado de variedades mais potentes, como a sinsemilla (sem sementes). As concentrações na resina de cannabis, que é extraída da cannabis herbácea, aumentaram 24% entre 1975 e 2017.

Isso foi o equivalente a um aumento de 5 mg de THC por ano. Uma dose de 5 mg é suficiente para uma intoxicação branda, de acordo com os pesquisadores.

“A cannabis continuou a aumentar em potência ao longo do tempo, de forma que hoje é muito diferente do tipo de droga usada pelas pessoas há 50 anos”, disse o autor principal, Dr. Tom Freeman. “Durante esse tempo, as atitudes também mudaram. Há agora uma maior apreciação de sua interação complexa com a saúde mental e potenciais usos medicinais”.

Leia mais: Concentrados de cannabis aumentam os níveis de THC, mas não a onda, segundo estudo

“A resina de cannabis é frequentemente vista como um tipo mais seguro de cannabis, mas nossas descobertas mostram que agora é mais forte do que a cannabis herbácia”, disse o coautor do estudo Sam Craft. “Tradicionalmente, a resina de cannabis continha quantidades muito menores de THC com quantidades iguais de CBD, no entanto, as concentrações de CBD permaneceram estáveis ​​à medida que o THC aumentou substancialmente, o que significa que agora é muito mais prejudicial do que foi há anos”.

A cannabis é a droga ilícita mais usada no mundo, mas recentemente foi legalizada no Canadá, Uruguai e vários estados dos EUA.

Os pesquisadores argumentaram que os aumentos na potência da cannabis destacam a necessidade de estratégias de redução de danos semelhantes às usadas para o álcool — como unidades padrão e diretrizes sobre limites de consumo mais seguros.

“À medida que a potência da cannabis aumentou, também aumentou o número de pessoas que entram em tratamento para problemas de uso de cannabis”, disse Freeman. “Mais europeus estão agora entrando em tratamento contra drogas por causa da maconha do que heroína ou cocaína”.

Leia também:

A maioria dos consumidores de maconha prefere menos THC, segundo estudo

#PraCegoVer: fotografia (de capa) que mostra uma bola de haxixe marrom e brilhante próximo da câmera, sobre uma superfície metálica onde se vê também parte de outra pelota, ao fundo. Imagem: Seattle Bubble Works.

lazy placeholder Haxixe está 25% mais potente do que há 45 anos, diz estudo global

Sobre Smoke Buddies

A Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!