Gato é preso no Panamá tentando entrar com drogas em presídio

gato drogas panama Gato é preso no Panamá tentando entrar com drogas em presídio

Segundo um fiscal de drogas da região, os animais são seduzidos com alimentos nos presídios para que voltem com as substâncias do exterior colocadas em seus corpos. As informações são da AFP, via El Universo

Um gato foi preso nessa sexta-feira (16) quando tentava entrar em uma prisão panamenha com drogas envoltas em seu corpo, informaram as autoridades do país centro-americano.

O felino foi surpreendido em frente ao presídio Nueva Esperanza, com mais de 1.700 internos, na província de Colón, cerca de 80 quilômetros ao norte da Cidade do Panamá.

site sb Gato é preso no Panamá tentando entrar com drogas em presídio

“O animal tinha um pano amarrado no pescoço que continha dois invólucros” com “matéria vegetal, quatro invólucros forrados de plástico transparente com pó branco e outro com folhas”, explica Andrés Gutiérrez, diretor-geral do sistema penitenciário do panamenho.

O fiscal de drogas de Colón e Guna Yala, Eduardo Rodríguez, disse ao canal Telemetro que o gato possivelmente transportava cocaína, crack e maconha.

 Gato é preso no Panamá tentando entrar com drogas em presídio

Leia mais – Panamá: deputados retomam debate sobre regulação da cannabis para fins medicinais

Para transportar drogas, os animais são seduzidos com alimentos nos presídios para que voltem com as substâncias ilícitas do exterior colocadas em seus corpos, acrescentou Rodríguez.

Depois que o gato foi capturado, a Fiscalía de Drogas de Colón e Guna Yala anunciou em sua conta no Twitter que iniciou “investigações sobre o uso de animais para a transferência de substâncias ilícitas para o Centro Penitenciário Nueva Esperanza”.

Na mensagem, a promotoria acrescenta duas fotos, uma das quais mostra vários envoltórios com suposto pó branco em seu interior, enquanto a outra mostra um gato, também branco, com um pedaço de pano amarrado ao corpo.

Assim que forem recolhidas as provas, o gato será entregue a um centro de adoção, segundo o fiscal Rodríguez.

No Panamá, há mais de 18.000 presos espalhados por 23 centros penitenciários, em sua maioria, superlotados.

Em ocasiões anteriores, as autoridades panamenhas descobriram a tentativa de narcotraficantes de introduzir drogas nas prisões por meio de alimentos, roupas, pombos ou drones.

Nas últimas horas, a polícia panamenha apreendeu 2,5 toneladas de cocaína na região indígena de Guna Yala, no Caribe panamenho.

Em 2020, o Panamá apreendeu 84 toneladas de drogas, principalmente cocaína, enquanto em 2019 apreendeu seu número recorde de 90 toneladas.

Leia também:

Grupo guerrilheiro colombiano diz que só a legalização pode acabar com o narcotráfico

#PraCegoVer: imagem de capa é formada por duas fotografias, uma do gato preso na caixa de transporte e outra dos pedaços de pano branco e drogas encontradas com o felino. Fotos: Ministério Público do Panamá.

smokebuddies logo2 Gato é preso no Panamá tentando entrar com drogas em presídio

Sobre Smoke Buddies

A Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!