Festas “traga sua própria erva” marcam amadurecimento da cultura canábica em NY

baseado bong happy munkey Festas “traga sua própria erva” marcam amadurecimento da cultura canábica em NY

Fumar e vaporizar maconha é permitido e encorajado nos eventos, que representam um marco na história da cena underground de Nova York. As informações são do Cannabis Now

“Somos o principal exemplo de ‘legado ao legal’”, diz Vladimir Bautista, claramente orgulhoso. “Somos o coração e a voz da cultura canábica em Nova York.”

O cofundador do Happy Munkey e nativo do Harlem está falando no Pier 36, a galeria e espaço para apresentações da Baixa Manhattan que já recebeu eventos aclamados neste verão. A vitrine atual é a muito ciberchique Immersive Van Gogh, uma apresentação que dá vida às criações do artista com imagens projetadas em movimento em paredes, pisos e tetos.

gravital sb Festas “traga sua própria erva” marcam amadurecimento da cultura canábica em NY

As duas festas Happy Munkey After Hours, nos dias 11 e 18 de agosto, assinalaram o amadurecimento do que tem sido uma cena underground em Nova York. Foi também uma espécie de fertilização cruzada entre Nova Amsterdã e Velha Amsterdã.

Leia também: Nova-iorquinos podem fumar maconha na feira estadual pós-legalização deste ano

As origens de Happy Munkey estão em uma viagem que o outro cofundador do grupo, Ramon Reyes, de Washington Heights, fez à cidade holandesa que hospeda o Museu Van Gogh. A visão de pessoas ficando chapadas abertamente nos cafés de cannabis o surpreendeu. Reyes, que já era um dealer de cannabis veterano no mercado ilícito, lembra: “Pensei, precisamos dessa m**** aqui em Nova York!”.

No ano seguinte, 2017, Happy Munkey foi incorporada como uma marca de mídia e mercadoria, registrada em Nova York e Nova Jersey. Um pouco abaixo do radar, eles também estavam hospedando encontros “smoke-easy”, onde os amantes da erva podiam se reunir em um espaço seguro, amigável e sem julgamento.

Com a aprovação do Ato de Regulamentação e Tributação da Maconha (MRTA) do estado de Nova York nesta primavera, Happy Munkey viu que havia chegado o momento para “salas de consumo” acima do solo. Nos eventos do Pier 36, fumar e vaporizar era permitido (e encorajado) na sacada à beira do rio — embora não nas partes internas das instalações. Como as vendas licenciadas de cannabis para uso adulto ainda não começaram em Nova York, o evento foi oficialmente BYOC (bring your own cannabis — traga sua própria cannabis). As bolsas de erva, no entanto, incluíam guloseimas como chocolates com infusão de CBD.

Happy Munkey agora está produzindo um podcast e uma revista on-line. Esses esforços são especialmente dedicados a promover a presença de pessoas de cor no crescente comércio legal de cannabis no estado de Nova York.

Bautista enfatiza o compromisso ativista de Happy Munkey. “Conseguimos milhares de assinaturas para o MRTA”, diz ele. Aludindo a um projeto de legalização mais conservador que foi pressionado pelo agora desgraçado e cessante governador de Nova York, Andrew Cuomo, Bautista acrescenta: “Lutamos pela versão certa, com disposições de equidade social para ajudar as minorias”.

Keith Hurd, diretor de marketing da Immersive Van Gogh, também falou ao Cannabis Now na varanda do Pier 36, onde a Ponte de Manhattan, a Ponte do Brooklyn e a Estátua da Liberdade eram visíveis através da névoa de fumaça e vapor de cannabis.

Leia mais: Maconha não é mais apreendida nos aeroportos em Nova York

Falando sobre o início da festa After Hours, Hurd lembra que depois de ver a exposição com suas imagens flutuantes e cores vibrantes: “As pessoas disseram ‘não seria maravilhoso ter essa experiência depois de fumar’ — e agora, em Nova York, você pode. Então, rapidamente procurei alguém que conheço que me colocou em contato com Happy Munkey, e aqui estamos”.

Immersive Van Gogh foi idealizada pelo artista digital italiano Massimiliano Siccardi, em colaboração com David Korins, designer criativo do musical de sucesso da Broadway, Hamilton. A exposição também vai estrear em outras cidades do país neste verão. E Happy Munkey está considerando se unir à mostra para eventos semelhantes após o expediente em algumas dessas cidades — a primeira incursão do grupo além de Nova York.

“Queremos ir para todos os outros estados onde isso seja legal”, diz Bautista, insinuando que Denver pode ser o primeiro da fila.

Veja mais:

Lojas de maconha estão abrindo nas principais ruas dos EUA e algumas se parecem com o Margaritaville

#PraTodosVerem: fotografia mostra as mãos de uma pessoa confeccionando um baseado sobre uma bandeja preta com o logo da Happy Munkey e a de outra que segura um bong de formato cônico preto, em uma mesa com vários utensílios relacionados ao consumo de cannabis e panfletos. Foto: Divulgação.

smokebuddies logo2 Festas “traga sua própria erva” marcam amadurecimento da cultura canábica em NY

Sobre Smoke Buddies

A Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!