Fazendas de cannabis no Canadá são evacuadas devido a incêndios florestais

incendio white rock Fazendas de cannabis no Canadá são evacuadas devido a incêndios florestais

Incêndios florestais ameaçaram as operações de cultivo da Califórnia à British Columbia neste ano, com especialistas alertando que 2021 pode ser pior do que os incêndios do ano passado. Informações do Marijuana Business Daily

Aurora Cannabis teve que evacuar sua fazenda de maconha em Westwold, no condado de British Columbia (Canadá), por causa dos incêndios florestais na área.

Os funcionários da Aurora estão seguros e a evacuação do local de Aurora Valley não teve impacto nos negócios, disse a empresa com sede em Edmonton, Alberta, em um comunicado por e-mail.

site sb Fazendas de cannabis no Canadá são evacuadas devido a incêndios florestais

“Nossa operação Valley está sob ordem de evacuação e estamos tomando as medidas necessárias para garantir a segurança e o bem-estar de nossos funcionários, além de apoiar aqueles que tiveram que evacuar”, escreveu um porta-voz da empresa.

A propriedade Aurora Valley é uma fazenda de cannabis ao ar livre de 200 acres na comunidade Westwold de British Columbia, cerca de 400 quilômetros (248 milhas) a nordeste de Vancouver.

O incêndio de White Rock Lake foi descrito como “um evento catastrófico” por Mark Healey, o comandante do incidente.

Oitenta e seis incêndios estão queimando atualmente na região circundante, com 40 designados como “fora de controle” pelo Centro de Bombeiros de Kamloops.

O porta-voz da Aurora disse que 13 funcionários do local, junto com suas famílias, tiveram que evacuar suas casas.

“Todos estão seguros e alguns puderam voltar para suas casas nos últimos dias, porque o fogo foi reduzido”, disse o porta-voz por e-mail.

Leia também: Fazendas de cannabis suportam as temporadas de incêndios florestais?

“A segurança e o bem-estar de nossos funcionários são nossa maior prioridade e temos entrado em contato com eles regularmente para ajudá-los a atender às suas necessidades. Nossa outra prioridade é a proteção do local, que continuamos monitorando.

Agradecemos os esforços incansáveis ​​do Serviço de Combate a Incêndio de BC, que trabalha ininterruptamente para conter os incêndios.”

Um ex-executivo da Aurora descreveu anteriormente a fazenda como “uma das maiores, senão a maior, área licenciada para a produção de cannabis não apenas no Canadá, mas no mundo”.

No início deste ano, o vice-presidente sênior de ciência e inovação da Aurora, Charles Pick, disse ao MJBizDaily que a empresa cultivou 22 acres no local de 200 acres no ano passado.

Aurora plantou 40 acres de cannabis este ano.

“Aurora Valley continua a ser uma peça importante na rede de cultivo da empresa”, disse o porta-voz.

“Nossa recente colheita foi muito bem-sucedida e esperamos repetir esse sucesso no futuro.”

Aurora cultiva cannabis no local desde 2019, quando aproximadamente 55.000 plantas de cannabis envolvendo seis cultivares foram colhidas pela primeira vez.

Leia mais: Fazendas de maconha se preparam para temporada de incêndios

Enquanto isso, uma instalação de cannabis regulamentada pela Health Canada (agência reguladora de saúde canadense) nas proximidades de Falkland (Malvinas), British Columbia, também foi evacuada recentemente.

Uma instalação da Voyage Cannabis Corp. teve que ser evacuada “por quatro dias na semana passada, mas depois pôde retornar”, disse o presidente da Heritage Cannabis Holdings Corp., Clint Sharples, ao MJBizDaily, na sexta-feira.

Voyage é uma subsidiária da Heritage.

“Fomos colocados em alerta de evacuação (quinta-feira), por isso estamos de olho nas coisas”, acrescentou.

A Voyage opera uma instalação de processamento de 15.500 pés quadrados (1.440 m2) em Falkland.

Sharples disse que a empresa transferiu temporariamente parte de sua produção para Fort Erie, Ontário, para minimizar quaisquer interrupções na entrega do produto.

Ele disse que os funcionários de Falkland estão seguros e a Voyage está “agindo com muita cautela”.

Incêndios florestais ameaçaram as operações de cultivo da Califórnia à British Columbia neste ano, com especialistas alertando que 2021 pode ser pior do que os incêndios do ano passado.

Leia também:

Produtores de cannabis buscam soluções para enfrentar problemas de água nos EUA

#PraTodosVerem: foto noturna mostra, na parte inferior, uma faixa de árvores com iluminação ao centro e, ao fundo, o lago White Rock e uma área avermelhada pelo brilho do incêndio. Imagem: Kathleen Nessel.

Deixe seu comentário
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!