Farmácia tem drogas mais perigosas, diz juiz que defendeu Marcha da Maconha

luis carlos valois perfil Farmácia tem drogas mais perigosas, diz juiz que defendeu Marcha da Maconha

“Quando você criminaliza, deixa a droga no mercado, mas desregulamentada. Sendo vendida suja, sem informação, vendida sem orientação ou educação sobre isso. Um absurdo”. Confira a entrevista do juiz Luís Carlos Valois* para o UOL

Depois de ver na internet uma postagem de policiais que ameaçavam os participantes da Marcha da Maconha que seria realizada em Manaus, em junho, o juiz Luís Carlos Valois resolveu reagir. Comentou em suas redes sociais que “ameaçar, agredir, bater em manifestante que defende o uso de uma planta medicinal é, além de crime e covardia, burrice histórica, social e política”. Foi o bastante para passar a ser alvo de xingamentos.

“Juiz maconheiro” e “defensor de bandidos” foram algumas das ofensas postadas contra ele na internet. Valois, que é o titular da Vara de Execuções Penais do Amazonas, constituiu advogado, processou os autores das ofensas —todos policiais militares— e conseguiu na Justiça um acordo para que eles pagassem uma quantia simbólica à Associação de Pacientes da Cannabis Medicinal.

Leia mais: Caluniado por defender Marcha da Maconha, juiz reverte dinheiro de processo a pacientes

lazy placeholder Farmácia tem drogas mais perigosas, diz juiz que defendeu Marcha da Maconha

Sobre Smoke Buddies

O Smoke Buddies é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. https://www.smokebuddies.com.br
Assine a nossa newsletter e receba as melhores matérias diretamente no seu email!

Deixe seu comentário